quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Finalmente presidente da CMO vai a julgamento!

Depois de aturadas investigações ,o abuso de poder e a corrrupção do presdidente da CMO vai a julgamento!http://ultimahora.publico.clix.pt/

18 comentários:

Anónimo disse...

hoje oeiras amanhã outra camaras começadas em O.a hora dele chegar´!
segundo dizem funcionários da CMO o sol não tem largado a CMO nos ultimos dias e já há quem nem apareça nas instalações da CMO. e se proteja contra tal.

Anónimo disse...

com a verdade me enganas.bem apanhado.pode ser que vá lá parar
mas essa noticia depois de ver o futuro adversário à CMO na sic,o homem hoje já ia tendo o ataque de miocárdio. amanhã quem vai pagar é a secretária.

um fuzetense disse...

ah ah ah vocês gozam com esta merda.Já ia atirar foguetes e tudo.

Anónimo disse...

um dia os foguetes vão ser atirados.
pelo que se consta e pelos livros rasgados ,o esterpor já chegou.tivesse ele socialistas com coragem e numca deixariam que ele fosse o candidato do ps nas próximas eleições.
mas os boys do ps local não tem coragem de enfrentá-lo de frente limitam-se a falar mal por trás.
também se falam depois os subsidios
da U.E. acbam-se e o carcanhol sabe muito bem seja ele exótico ou não.

Maria disse...

Quase que fui enganada, mas não se preocupem que vou guardar os foguetes para quando precisar.

Anónimo disse...

A classe politica deste país protege-se, porquanto, mesmo indiciado, neste caso acusado o actual presidente da Câmara de Oeiras, com processo pendente e agora com julgamento marcado, continua nas suas funções,embora eleito. Este individuo devia de estar fora de funções até conclusão de prova.
Enquanto não forem modificadas e agravadas radicalmente as leis contra este tipo de crimes o país
nunca mais tem solução. As leis criadas neste pais pelos politicos são ambíguas, dando oportunidade ao
infractor a ilibar-se.
Se as leis são trabalhadas pelos corruptos, como querem ver os infractores condenados?

Quinta disse...

o povo de olhão pode não conhecer bem gonçalo amaral,mas conhece bem as trafulhices que o actual presidente tem feito ao longo dos anos que está á frente da CMO.

Anónimo disse...

pois é fuzetense mas você sabe bem o que mais dia menos dia espera o seu presidente,e você bem poderia contribuir para que os seus camradas da concelhia apertassem os calos ao leal para ele ao menos acabar com os esgotos poluidos a descaregarem directamente para a ria,pois as normas europeias obrigam a 3 tratamentos .agora ir directo então é mesmo abusar com os olhanenses quer vivam da ria ou não.
se a concelhia do ps não toma posição,é que está de acordo com o chico .

Anónimo disse...

AO COMENTADOR DAS 1203 SEMPRE LHE DIGO QUE ESTA ENGANADO POIS SE E VERDADE QUE OS OLHANENSES CONHECEM O CHICO COM TODOS OS DEFEITOS E VIRTUDES TAMBEM E VERDADE QUE NAO CONHECEM OGONCALO NEM OS SEUS DEFEITOS E QUE ATE PARECE QUE SAO MUITOS A COMECAR POR NAO TER VERGONHADA DE ANDAR A PEDIR AO BOTA PARA SER CANDIDATO QUANDO E O PSD QUE NAO O QUER E MELHOR TER VERGONHA E FICAR A GOZAR A REFORMA QUE TODOS LHE PAGAMOS

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

virtudes? só á conta do comprimido azul.
porque de resto a poluiçao na ria rebenta com os mariscadores e pescadores a corrupcção na secção de obras é mais que muita com o pai da amateuga a chefiar as operações,e ele nada diz

Anónimo disse...

Vamos ver se descobrem as falcatruas que esse leal andou a fazer.

MARIA DO CARMO DIAS, ASSINANTE DE OLHÃO disse...

Vejam o que li num jornal de olhão

Câmara de Olhão continua a manter a sua "campanha discriminatória" contra o nosso jornal

O Jornal" BRISAS DO SUL" é um órgão de comunicação social escrita, sediado no Concelho de Olhão desde 1997.
A sua primordial vocação é a de veicular de forma jornalística as vivências do Concelho de Olhão, não só entre os que nele habitam, mas acima de tudo impondo-se desde a sua fundação como elo de ligação entre Olhão e os Olhanenses residentes ou fora do Concelho.
Este jornal, tem sido discriminado pela actual Câmara Municipal de Olhão, de tal modo que, no decorrer de 2007 e 2008, nunca colocou um único anúncio oficial no jornal, optando ir contra regras e Leis, e o direito legal de concorrência, publicando os seus anúncios comerciais e oficiais sempre nos mesmos jornais, do concelho ou fora dele. Ao invés do procedimento anterior que se pautava por critérios de equidade na distribuição da publicidade institucional pelos órgãos de comunicação social regional sediados em Olhão.
Mas, no ano de 2006 a Câmara Municipal de Olhão cortou a publicidade e os anúncios ao nosso jornal. O que aconteceu pela primeira vez desde há 8 anos … Inacreditável!
No ano transacto a Câmara Municipal de Olhão celebrou com um outro jornal de Olhão um protocolo no valor de 5 mil euros anuais, deixando inesperadamente de "fora" de qualquer acordo o nosso jornal e ao mesmo tempo desencadeia uma campanha de perseguição contra o jornal "BRISAS DO SUL" que culminou nos últimos meses, ao deixar de enviar até hoje as respectivas notas de imprensa e convites para a cobertura jornalística das cerimónias oficiais ocorridas no concelho.
Relembramos que a actuação dos responsáveis da autarquia de Olhão nestes casos atesta que a Censura não é um fenómeno do passado… Hoje deixou-se de usar o lápis azul, para passar a exercer-se através do corte sistemático da publicidade, do anúncio e pelo estrangulamento financeiro de uma pequena empresa detentora de uma publicação, o jornal «BRISAS DO SUL», contra tudo e contra todos, tem neste momento melhorado significativamente as suas vendas e recebido uma adesão significativa de assinantes que confirmam a justeza da nossa orientação editorial alternativa ao pensamento oficial da Câmara… e onde os comentadores podem exprimir livremente as suas opiniões, abrindo um maior leque de ideias à apreciação dos nossos leitores.
Mas a Censura que a Câmara impõe, também é exercida através da ocultação da informação local, da manipulação das mensagens e do recurso a meios desproporcionados para abafar a nossa voz e a dos outros.
A direcção do jornal «BRISAS DO SUL» sabe que existe falta de transparência da Câmara de Olhão, através do seu presidente e ficou perplexa ao saber que o mesmo está a mentir a outros organismos estatais que solicitaram esclarecimentos relacionados com a queixa apresentada por nós sobre a discriminação que Francisco Leal esta a efectuar ao nosso jornal, pelo que repudiamos com veemência tais atitudes, que pretendem induzir em erro outros órgãos governamentais.
O jornal "BRISAS DO SUL" com 12 anos de existência sempre pretendeu a mesma igualdade de tratamento que a Câmara concede aos mais órgãos da comunicação social – a isso tem direito e não vai abdicar dos seus direitos, razão pelo que já enviou uma missiva sobre o assunto para as entidades que supervisionam o cumprimento das Leis da Constituição da República Portuguesa.
Neste momento estamos evidenciar esforços para que esta matéria seja comentada e denunciada em todos os canais televisivos.
Para completo esclarecimento da verdade, daqui fazemos, um apelo às autoridades competentes nesta matéria para que se faça uma sindicância ao Município de Olhão solicitando para isso o extracto dos anúncios comerciais e oficiais que a autarquia mandou publicar nos últimos 3 anos, em outros jornais.

C.F. disse...

é assim ou falam bem do regime ou estão tramados.é essa a politica de democracia do ps e da CMO,aliás essa politica não é muito diferente da politica ,de salazar e marcelo,só que por enquanto ,a internet eles ainda não conseguem controlar.
qual a diferença da politica da actual vereação e a politica do antigo regime?ainda há duas semanas fizeram um concurso publico para admissão de um funcionário para a biblioteca .o juri era composto por 3 elementos 2 votaram a favor de um funcionário mas o presidente do juri como não estava de acordo anulou o concurso e na 2ª feira seguinte estava decido pelo presidente do juri que quem ficava com o lugar era quem o leal queria.
quer melhor exemplo do que é a democracia para o chico leal?
a democracia na CMO não existe se é amigo do leal tem tudo aprovad ! se discorda em publico do leal e se através da rede de bufos ,que francisco leal tem implatada nos trabalhadores da CMO,ele sabe que A B ouC discordou dele, então ,numca mais nada, que ele leve a aprovação, tem aprovação.

Anónimo disse...

Talvez, para remexer um pouco, com tudo isto, o deputado Miguel Portas, veio hoje Olhão, haver se, vá também olhar, para toda esta bagunça, que crassa em Olhão, tanta promiscuidade na Camara ? Para quando, um candidato independente e honesto, com promessas concretas? Um olhanense

Floripes disse...

Com as eleições a chegar a época de paraquedismo está a abrir. começou com gonçalo amaral embora ele diga que mora em olhão há 7 anos.agora é a vez de portas ! quem for lá pergute-lhe se sabe que olhão tem neste momento 1635 desempregados sendo o concelho do algarve com maior percetagem de desmprego no algarve .e que o nº de rendimentos minimos não param de crescer.
E se ele sabe que a ria é cada vez menos formosa, e se ele está disposto a divulgar no parlamento europeu o ataque que a ria está a ser alvo por parte dos especuladores imobiliários com o apoio do dinheiro da U.E.com a desculpa dos PIN.
Se sabe que da ria dependem 10000 pessoas e se a poluição continuar, o que está em jogo é o futuro dessas pessoas ,e de olhão em si.
pois o turismo que o F.L apregoa é só fumaça para enganar os incautos e quem ainda acredita no pai natal.

Anónimo disse...

No correio da manhã de hoje vem uma reportagem sobre Mesquita Machado, presidente da CM de Braga, e infelizmente apesar dos muitos indicios de precavarição a Judiciaria arquivou o processo que contra ele corria por falta de provas; será que o Chico Leal tambem se vai safar????

http://www.correiomanha.pt/Noticia.aspx?channelid=00000228-0000-0000-0000-000000000228&contentid=D1EAB548-45F6-427A-BE41-DDA4FE3CEAD0

Anónimo disse...

Mas este país tem algum nexo?
Leis;
investigações;
Conclusões;
Julgamentos;
Condenações;
Absolvições;
Prisões e
Libertações
são só para turistas ver!...
E com bons técnicos que temos no País, estes estão com medo.