quinta-feira, 24 de setembro de 2009

ano escolar em Olhão cheio de problemas

de docente identificado que pediu o anonimato
Foi com grande pompa que a vereação socialista publicitou as obras de requalificação nas escolas do 1º Ciclo do concelho. Algumas foram de fundo, outras nem tanto. Algumas passaram pela construção de raiz de mais salas, outras pela requalificação dos espaços externos.
. . . .
Veja-se o que aconteceu na escola da cavalinha e na nova escola da Chasfa. Aqui, e porque as obras não terminaram em devi . . .
Fossem outras as cores camarárias e já o Ministério da Educação através do seu braço armado DREAlg teria armado . . .
Mas nem têm equipamento apropriado para fazer o serviço. Ao que consta, a sopa é retirada das panelas com recurso a jarros de água. Enfim, espera-se que a ASAE não passe por lá...
É que o diretor do agrupamento João da Rosa e o adjunto responsável do 1º ciclo são candidatos do partido da rosa. respeitinho ao partido por causa dos tachos. Por isso fica tudo em família...
para ler a carta completa veja aqui

21 comentários:

F. Leal disse...

vou pôr vocês todos em tribunal,por falarem demais, e ainda por cima dizem verdades.
sigam o exemplo do joão soares,que falou ontem na sic sobre as dividas de um candidato à CMO,esse é que sabe onde está o mel.

Anónimo disse...

vinde a mim as criancinhas,como é bonito falar das crianchinhas e dos filhos.
mas como a realidde é bem diferente.
em olhão o leal prometeu que ia abrir uma escola nova na chasfa ,para abrir no inicio deste ano lectivo que começou em este mês.
a direcão regional acreditando na promessa pôs a escola a concurso,
colocaram-se professores desmancharam turmas e depois chaega-se à conclusão que a escola nao abre em setembro nem se sabe quando abre.
promessas dessas anda leal a fazer há mais de 10 anos prometeu um hospital novo e nem um cntro de saude decente temos,prometeu um quartel de bombeiros mas o actual mete mais agua que o vinho que vendeu quando era adega.
há escolas a sevir sopa em jarros de água? e a asae que fechou a sopa dos pobres não intervem aqui?

Anónimo disse...

O maior gatuno é o que falou ontem na sic.
Se o aparelho de estado não estivesse contaminado.
Vai nos pôr em tribunal ? veja lá se voçê é que fica preso.
Essa pessoa a quem esse escroque acusou de dividas é meu amigo, o estado é que lhe deve a ele, façam encontro de contas e depois vejam quem deve a quem.

Anónimo disse...

Eu tenho o meu filho em Faro e pelo menos nas escola dele, esta tudo normal.
Moro em Olhão, mas devido a estas situações optei por colocar o miudo em Faro.
Não que não goste das pessoas da terra, bem pelo contrário.
Não concordo é com o enredos que por aqui existem.
Por aqui não há uma comunidade...é mais quem têm tacho...não se pensa na organização é mais uma balda.
E o grande problema é que ninguém se queixa.
Não digo apresentar queixas. Digo apresentar problemas e ajudar nas soluções. Falar...comunicar...viver em sociedade.
Aqui só se fala mal.

Sabe-Sabe disse...

Exmo Snr(a) anonimo(a) de 24 de Setembro de 2009 17:23, depois de ler o seu comentario fiquei um nadinha confuso, o o Snr(a) diz que colocou o seu filho na escola em Faro por caus dos problemas que existem nas escolas de Olhão,
Diz que gosta das pessoas da terra, mas que não concorda com os enredos que que por aqui há.
e acaba dizendo«E o grande problema é que ninguém se queixa.
Não digo apresentar queixas. Digo apresentar problemas e ajudar nas soluções. Falar...comunicar...viver em sociedade.
Aqui só se fala mal.»


Pois eu em parte concordo consigo, mas não posso dizer que ninguem se queixa o que se passa é que a pseudo élite governadora de Olhão liderada pelo Engenheiro Franscisco Leal, governa a seu belo prazer e não ouve ninguem, nem faz caso de qualquer queixa de qualquer cidadão que não faça parte das suas amizades. Se você tem acompanhado o que se escreve neste blog e o trabalho do SO! Somos Olhão facilmente chegará á conclusão que a gestão camararia não tem sido nem transparente, nem justa tanto no plano moral como no plano legal.
Eu sei e reconheço que os autores deste blog por vezes se excedam no plano verbal, mas tudo o que aqui é focado é do interesse geral, e facto de os visados nos posts em vez de esclarecerem os assuntos e reconhecerem quando estão errados porque nem sempre estão errados preferem não responder e partir para o ataque pessoal; veja agora o que se está passando com o João Pereira, a quem muitos erradamente chamam J. Valério, que tinha uma emprésa de construção civil que empregava 180 trabalhadores e que por não alinhar em algumas maroscas do lobby do betão viu a CMO protelar os pagamentos pelos trabalhos executados não lhe atribui mais nenhum trabalho e ainda por cima viu na mesma altura desaparecer da conta da empresa umas quantas centenas de milhares de €uros.
O João Pereira é concorente á CMO pelo BE e as sondagem encomendadas pelo PS de Olhão dizem que muito provavelmente ele vais ser eleito para vereador e este facto incomoda muito o Eng. Leal que por isso encomendou ao betinho do Pininha uma campanha para denegrir o nome do João Pereira.

E por hoje vou ficar por aqui

curioso disse...

esse pininha é o artista do yuo tube?

Anónimo disse...

É realmente muito triste!

, termos que levar os nossos filhos para dentro daqueles “contentores” na Escola Dr. Carlos da Maia.

No primeiro dia, os contentores, não tinham electricidade. No segundo, ligaram a luz existiam algumas mesas e cadeiras, mas não havia quadro para a professora escrever. No terceiro dia veio o quadro. Ao quarto dia começaram a montar o ar condicionado, mas só existia e existe um armário. Ao quinto dia, com uma brisa de vento a porta de um contentor caiu em cima de um aluno, por sorte o menino só sofreu uns arranhões e hematomas, podia ter sido pior. Ao sexto dia colocaram uma passadeira e uns degraus para os alunos subirem para a sala de aula. Ao sétimo dia blá-blá-blá…(não é preciso mais pois não).

As casas de banho estão muito longe e fazem-se grupos de crianças para as levar a fazer as necessidades mais básicas. Só de pensar que ao lado do Mercado do Peixe está um contentor WC, que serviu o festival do Marisco, fechado à espera de melhores dias, é no mínimo revoltante.

As auxiliares passam os dias na rua, pois não têm instalações para se acomodarem.

Não existem telheiros para protecção do sol e da chuva que se anuncia. O que è que as crianças irão fazer quando chover? Ficam nas salas de aula? Andam cinquenta metros à chuva para chegarem ao edifício principal da escola?

As refeições são servidas às 11:45h, para não existir interferência com os mais velhos, é a ementa servida é inadequada a crianças de 5/6 anos.

O recreio está cheio de pedras e não é o mais adequado para miúdos daquelas idades. Pode-se dizer que é provisório, no entanto estamos em 2009, esperava-se mais destes governantes.

É notável e de louvar o esforço que todo o pessoal docente e auxiliar do Agrupamento Dr. Carlos da Maia está a fazer para minorar os efeitos devastadores da falta de condições criadas pela Autarquia de Olhão.

Não me interessa quem é o responsável, se o Presidente, o Assessor, o Vereador, o Director de Departamento, o Chefe de Divisão, o Técnico, o Administrativo, o Auxiliar, as Senhoras da Limpeza. Até porque, como todos sabem, nunca existem culpados…

Devia existir respeito por estes alunos, é assim que queremos tratar as gerações futuras?

É realmente muito triste.

Anónimo disse...

Moss então esse director desrtou do PCP antes ou depois do Filipe Ramires? Que grande democrata que me saiu essa peça.

DONAX TRUNCULUS disse...

Esse escroque desse pininha, já aprendeu as lições tentaculares do ps em Olhão.
Já o pai dele devolveu o dinheiro ao estado, que recebeu indevidamente,por estar na reforma e ao mesmo tempo ocupar cargos de natureza publica?
Quanto é recebeu da cmo para as aventuras empresariais mal sucedidas ?
Se o JOÃO PEREIRA deve ao estado, quanto deve o estado ao mesmo ?
porque se fizerem encontro de contas o J.P. ainda tem dinheiro para receber, portanto o estado é que deve ao JÕAO.
Estão com medo esta seita, de compadrios emaranhados, que toda a gente sabe aonde começa e não se sabe aonde acaba.
Tenham vergonha deixem a vida particular de cada um em paz.
Esse pininha cão de caça dos caciques do ps de olhão, ainda não lhe vai acontecer boa!pode ser que caía em desgraça.

mateus disse...

Presução e agua benta, cada um toma a que quer.
O poder,cria,com o tempo um aguçar de narizes.
É normal, que, em terra de cegos, quem tem olho é Rei, se governe a seu belo prazer. Tanto mais que,as pessoas que compõem a oposição só estão lá para serem colocados na prateleira social, porque de resto nada fazem a não ser "safar" a sua vidinha.
Portugal, visto ao longe, está a saque, tanto dos politicos como dos que se aproveitam do alheio. De facto não sei qual a diferença entre ambos, isto é, melhor dizendo
não há JUSTIÇA para ambas as profissões.
Já mencionei neste blog, e na altura da promoção do PAPEL HIGIÉNICO, que o ainda presidente tem os seus filhos crescidos e já não necessitam de frequentar escolas. Infelismente, para mim, a incompetência dessa câmara não é novidade.
PORTUGAL está governado por vendilhões, ponto final! e o resto são batatas.
Bom dia meus senhores.
Saúde e dinheiro para copos.

mateus disse...

Haja quem ponha ordem nesse País,
As pessoas que no dia das eleições
votem na alteração, na mudança, essa gente que governa o concelho não é COMPETENTE.
Não tenham medo, a lâmpadas não fazem mal a ninguém, é só bluf.
VOTEM NOS PARTIDOS QUE AINDA NÃO DESENPENHARAM O PODER.
Eu não me considero de esquerda, tendo ser o mais justo possivel, pois, "Justo só há um".
Se estes não servirem, nas próximas, fora, pois ou são competentes e estão ao serviço das pessoas, caso contrário, têm a porta aberta.

mateus disse...

Eu também devo dinheiro ao Estado.
Tive de "fugir", do meu país para pagar as minhas dívidas. Porque o miserável que preside à câmara de Olhão, senhor Francisco Leal, deu ordens para que os "PARECERES", fossem desfavoráveis,e, com base nesses pareceres a não aprovação. FOI ASSIM ESTE CASO, mas sei que´há
outros.
Gatunos de elite!. Desgraçado povo português.

Anónimo disse...

Lembram-se da frase quem se mete com o PS leva?
Ora foi isso que aconteceu.O JP denunciou o que não devia e o Chico Leal deu a ordem para aqueles que lhe untam as unhas não pagassem.Como agora foi o Chico novamente que disse para passarem a mensagem a denegrir o moço.Eu sou PS há anos que se ouvia que se passava qualquer coisa mas não sabia pormenores.Estive na última assembleia e vi como o chico se começou a remexer de nervoso quando o dito cujo pediu para falar.E quando falou nem se ouvia o respirar dos presentes.Olhem que o que eu ouvi muito bem e o que escutei deixou-me a pensar como será com ele lá dentro da Camara.Foi por isso que o chico ficou preocupado.O homem cativou a assistência os deputados inclusive os do PS e sabe do que fala e sabe muito muito do que de irregularidades e diria eu atrocidades que se fizeram nesta cidade.Por isso o Chico ligou para os padrinhos dele a pedir que denegrissem o moço.Olhem depois do que vi e do que tenho escutado o que lhe fizeram eu que estava para não votar este ano não sei se ele não levará o meu voto.Bons dias a todos.

DONAX TRUNCULUS disse...

Caro amigo Mateus, desculpe o tratamento, mas é de facto como diz, que se teve de ausentar do país para pagar as suas contas.
O que as pessoas não sabem talvez é que foi assaltado democráticamente,e os assaltantes continuam á solta.
Gostava de ver esses vermes, na sua situação, concerteza que morriam de fome, pois não sabem fazer nada, a profissão deles não dá para serem colectados.Algumas personalidades Olhanenses,fazem-me lembrar um filme da camôrra italiana.

Haja Saúde

DONAX

Anónimo disse...

pois mas há senhores e senhoras nas finanças que fazem aldrabices com os numeros urbanos em terrenos rusticos .
e depois esses terrenos aparecem á venda em certas imobiliárias sem escruplos,enganando quem compra e quem vendeu barato.
e a judiciária não sabe disso? e os impostos que pagam essas agências imobiliárias?
e o conluio que há entre autarquia e essa merda toda?
o poder e o abuso de poder cheira tanto a merda como a etar poente de olhão.
os desgraçados que tem terrenos em zona RAN e REN e rede natura 2000 não podem construir nada,vendem esses terrenos,ao preço da uva mijona e dpois vem os espertos com poder na autarquia, e fazem aquilo que oos antigos donos dos terrenos numca conseguiram fazer.
é nos representantes desses partidos em olhão, que as pessoas vão votar no domingo?
é tempo de dizer basta e correr com essa gentalha do poder,pois tem enriquecido á custa do poder.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

É como foi dito aí por um comentador, CAMÔRRA é o termo exacto,não italiana, talvez Olhanense.

mateus disse...

O 25 de Abril, só trouxe liberdade para alguns.
Ficou com alguma preplexcidade, quando algumas pessoas ainda têm medo de se manifestarem, e com isto o medo de represálias.Sei que
quem discorda, mesmo no bom sentido
tem problemas, já passei por isso, mas venci, e hei-de vencer e será nesse concelho, pois, como "O TEMPO É O GRANDE MESTRE", e embora não pratique publicamente a religião, aguardo com alguma serenidade o desenrolar das situações.
Continuarei a ajudar, mesmo ao longe, quem precisa, nunca estive só, embora tenha passado por sérias e graves difilculdades, tanto fisicas como psiquicas.
Com isto não desejo o mal a quem me
fez passar por esta situação, mas terá em seu devido tempo o pagamento.
As palavras, por vezes, podem ser duras, mas a verdade é como o azeite.
Não me sinto afectado, e a minha personalidade não será afectada quando comunico com as pessoas.
Nunca me escondi, nem voltei as costas a quem precisava, ajudei, voltaria a fazer o que já fiz, embora necessário e essencial, o dinheiro não é tudo, só quando se tem em mente a prateleira social. Neste campo, os amigos são muitos para "empurrarem" mais uma pessoa que se encontre em dificuldades.
O típico sistesma que se pratica em
Olhão e não só, no próprio funcionalismo público, criam-se dificuldades, para mais tarde se cobrarem mais-valias.
A educação mental desse país está detriorada e o ensino a nada ajuda como se sabe. A lei da selva prolifera nas ruas desse concelho, não há quem queira expôr-se face à miséria criada pelos senhores politicos.
Não há preocupação em fazer da educação a batalha do dia-a-dia, mas sim, a hipocresia.
Poderia dizer que, algumas pessoas não tiveram culpa de terem tido uma boa educação, bons principios, mas que fazer?
No momento presente, as pessoas têm a memória curta, pouco ou nada se interessam por eles, quanto mais pelo próximo. Esse concelho podia estar melhor, mas como se os dirigentes governam só para a semana, a outra logo se verá.
Com o bem qualquer pessoa vence, pratique-o e verá.
Bom dia para todos.
Ainda estou vivo!
Hei-de vencer.

Donax Trunculus disse...

O sistema tentacular do partido socialista está montado na nossa terra e no país.
Reflexo dos muitos anos de poder,veja-se as muitas figuras publicas locais e até nacionais,que militaram, ou gravitaram na esfera partidária suposta opositora ao regime,e que por motivos vários transferiram-se para o poder, dirão alguns imcompatibilidade política, pessoal,NÃO, pura demagogia, o que lhes assaltou o espirito foi de certeza o possível emprego, o favorecimento,o despacho,a cunha,o perdão e por aí.
Pessoas com ausência de autenticidade dirão alguns, necessidades dirão outros,não sei!
Só sei que, quem não é alinhado do sistema tem porventura que enfrentar com mais dificuldades a procura das suas necessidades.
Torna-se muito mais grave,e com consequências desastrosas, quem ousa,defrontar ou afrontar o poder instituído, como quem diz " não morres a bem, morres a mal"e tudo serve,a lista de servos é grande, desde finanças,secretarías da justiça,rede social local,dirigentes escolares, bufos,
difamadores,só têm que saber qual a parte mais frágil do adversário, e derrube começa por aí.
Precisava-mos de uma nova classe política,sim dá vontade de rir, mas estes que andam nisto há mais de 34 anos, não me oferecem garantias de CIDADANIA, Não gostam deste nome, só se lembram dos cidadaõs, de quatro e quatro anos, o resto CIDADANIA ? O QUE É ISSO !
E SE O MOVIMENTO TIRA A VISIBILIDADE AO, AO PARTIDO É UMA CHATICE!PERCO O MEU TACHO, POSSO PERDER O MEU EGO, POSSO PERDER O MEU PROTAGONISMO DE FACHADA,SIM
FICO SEM ASSUNTO.CIDADANIA~NÃO É BOM TEMA É DE EVITAR.
PERGUNTE, QUEM VOTA? QUEM ELEGE ?
QUEM SÃO OS PARTIDOS ? NÃO SAÕ OS CIDADÃOS? SE ALGUEM CONSEGUIR ABSTRAÍR-SE DESTES PREDICADOS PODERÁ DE FACTO SER UM CIDADÃO ISENTO !QUEM NÃO CONSEGUIR, QUE FIQUE CRUXIFICADO, QUE É POR GOSTO.

Donax

mateus disse...

è verdade ter saído de Portugal, com o deposito do carro atestado, 150€ em dinheiro.
E acabado este, foi complicado,mas encontrei uma boa ajuda, que me depositou dinheiro numa conta bancária, importância suficiente para chegar ao destino.
No destino, e nos primeiros 3 meses
a situação foi desastrosa,sem trabalho, a fome juntamente com o frio e a moral de rastos.
Quem,nesse pais trabalha, não tem tempo para ganhar dinheiro.
De facto, foi grande o investimento na agricultura, mas nesse concelho, só interessa o cimento e o ferro e só para alguns.
Democracia de vassalagem num concelho sem ponta por onde se lhe pegue.
No concelho de Tavira o presidente ENGENHEIRO Agronomo Macário Correi disponibilizou e ajudou com máquinas aos agricultores que necessitavam de ajuda.
Esse regente agricola que vá à serra de Tavira e veja o que foi feito e transformado.
De facto é um concelho que só cheira a merda.
O concelho de Tavira, pelo Macário
construiu um emissor, penso que é assim denominado, para condução dos esgotos, começando no Livramento e terminando em Cabanas
O que tem feito Olhão, toda a gente sabe.
Na cultura, nem se fala. Enfim, é um muro de lamentações.
Só tem gasto dinheiro sem objectivos.
Quem não "obedece" marginaliza.
Nunca estive à venda, sou livre!

Anónimo disse...

porque é que vocês nã0 perguntam à D. intitulada Dra Fernanda da Luz para comentar os negócios que ela teve até agora com o homem, até ao ponto de o denunciar ao Dr, Pina e agora ao jornal do Sol, porque motivo quanto dinheiro é que o joão Pereira lhe tem dado a ganhar, para agora ela se estar a armar em parva.