terça-feira, 5 de maio de 2009

E O SAQUE CONTINUA....

A gestão dos dinheiros públicos é algo que deve merecer a atenção de todos nós, pagador crónico final dos desvarios da nossa administração; quanto maior o desperdício, mais teremos de pagar, reflectindo-se na qualidade de vida dos olhanenses.
No caso da Câmara Municipal de Olhão parece ter-se institucionalizado a cultura do despesismo, com gastos supérfluos e a uma velocidade tal que obrigou a autarquia a contrair um empréstimo de uns quantos milhões. Esta coisa dos autarcas não terem de responder pela péssima gestão que fazem da coisa pública dá no que dá.
Reparem neste exemplo:
A Câmara Municipal de Olhão adjudicou à Liol;lda a reparação da fracção 1º esq do Bloco 19 do Bairro fundo de Fomemto de Habitação, por 44287.97 euros; ora o preço, fixado por lei, para o metro quadrado de construção em vigor para o ano de 2008 era de 492 euros; feitas as contas, constatamos que esta reparação custou o equivalente à construção de um apartamento novo com 92 metros quadrados.
Francisco Leal, presidente da Câmara Municipal de Olhão, não dá ponto sem nó e já o demonstrou por diversas vezes. Este caso ilustra bem o namoro do bloco central de interesses que tem corroído o país em geral e a nossa cidade em particular.

Estamos mesmo no fundo da fossa. Basta!

8 comentários:

Anónimo disse...

quer dizer voces so agora e que souberam das ligacoes da liol a camara pois deviam saber o que nos aqui na camara ja sabemos a muito tempo a liol faz obras a borla na casa ce alguns autarcas perguntem ao dr filipe ramiras quem e que vai la a casa fazer arranjos quando e preciso perguntem ao pininha quem vai a casa quando precisa de arranjos estes sao os mais importantes mas a mais e so investigar

sabe sabe disse...

estranho pagar tanto dinheiro na recuperação de uma casa.mas os custos das obras do estado não estão tabeladas?já agora repararam no preço da obraque fizeram em frente à drogaria do raminhos na 125, que também foi executada por uma empresa também ligada a gente do ps.
reparem no preço.40 e tal mil euros para pavimentarem e reduzirem o passeio,e passarem uns cabos eléctricos.porra uma obra feita em 20 dias e tanta massa.
por acaso foi a mesma empresa que fez o aluguer de cabos elétricos para a feira de olhão com um valor também exorbitante. é fartar vilanagem à que dar aos construtores locais do regime algumas migalhas para estes não meterem a boca no trombone por causa das grandes obras que dão sempre aos galifões lá de cima e que o preço orçamentado tem sempre deslizes enormes.assim como os do regime e comem os grandes que refila, são alguns que hoje tem menos previlégios.

rc disse...

A denúncia da adjudicação dos cortinados 4 vezes mais caro que no mercado e de melhor qualidade, agora a reparação de um apartamento ao custo de um novo, à conta do erário camarário são exemplos de como a actual edilidade olhanense maltrata e desbarata o que é de todos em benefício de alguns, em primeiro as empresas contratadas e depois pelos valores em causa por alguém dentro da Câmara, como é legítimo suspeitar.
O presidente F. Leal, não tem a mínima preocupação em que estas questões sejam esclarecidas porque também terá os seus interesses nesta matéria senão já teria há muito adoptado uma postura de transparência na gestão autárquica, começando por responder às questões que o Somos Olhão! lhe tem vindo a colocar e tornando pública toda a documentação camarária para que a todos os cidadãos não restassem dúvidas sobre a honestidade, correcção e adequada gestão.
Ele lá sabe porquê que as oculta e nós suspeitamos do quê.
A oposição, uma a concordante: concorda; outra a desalinhada: ignora, deixa passar.

Ainda a procissão vai no adro.

Anónimo disse...

BOMQUE SE SAIBA A LIOL NAO E PERTENCA DE NENHUM FILIADO DO PS PAREE QUE O HOMEN E PSD OU ENTAO E BLOCO MAS NESTYE MOMENTO PARECE QUE ELE VAI SER O MANDATARIO DO LEAL PASRA AS AUTARQUICAS DEVE SER POR ISSO QUE LHE DAO ESSAS OBRAS

camane disse...

era do psd mas o chico tem de repartir o bolo com quem nada faz contra o ps ou seja o psd em olhão é uma ramificação do ps,por isso é que o bolo tem ser repartido

Atento disse...

será que sabem de quem é prédio que foi demolido ao lado do KinKas e ao lado do bife inglês do artbar?
pelo que li na internet os mercados de olhão são um edificio publico classificado. sendo assim no raio de 50 metros os edificios em seu redor não podem ser alterados!
sabendo eu que uma das paredes corria o risco de ruína(aliás como dezenas de edificios em olhao),como tal tinha toda a lógica que essa parede lateral que confinava com o restaurante do KinKas fosse demolida,. o que não podia ser era o que não podia acontcer face há lei do património era que todo o edificio fosse demolido.
e assim se perdesse mais um legado histórico,do que era a construção em olhão no principio do seculo passado.
alguém documentou a maneira como se construiu aquele edificio?
os arcos e as abóbodas que os
olhanenses faziam para vencer vãos,e executar abóbodas era ,qualquer coisa de exemplar.claro que para os patos bravos isso não lhes diz nada e de certeza e ao contrário do bife inglês(que preservou a fachada fazendo um edificio novo),ali irá nascer mais um caixote de betão. os donos da obra devem ser de alguém com influência na CMO caso contrário o gabinete técnico da CMO nõ autorizava mais este crime contra a arquitectura olhanense.
o que se seguirá talvez o prédio do café dos piratas?pois também esse face à lei não pode ser demolido pois encontra-se a menos de 5o metros do edificio da recreativa rica que está em processo de qualificação e tem fachads históricas a preservar!
assim como o edificio do antigo cinema teatro não pode ser alterado,pois encontra-se paredes meias coma recreativa rica.
claro que os patos bravos sabem disso, e por isso compraram o edificio do antigo cinema teatro a
pataco,na ânsia de conseguirem "comprar" o gabinete tecnico da CMO,ou o próprio presidente e ali construir mais uma gaiola para morarem humanos.
o tempo dirá se foi assim ou não.
mas mantenham-se atentos .
e assim se vai desvirtuando a minha desprezada cidade.
tudo isso em nom do progresso,só não há progresso, para acabar com o cheiro a merda e os esgotos do T como este blog tem vindo a denunciar.

luis f. disse...

vocês querem é barrequinha,então o rolinha é lá moçe pra essas coisas?que ele anda muito de roda do leal lá isse anda,ma se calhar é pra ver se faz um aeroporte.

sebstião lebre disse...

o prédio demolido é..... de alguém muito conhecido, no meio dos patos bravos.