quinta-feira, 27 de agosto de 2009

COM A BOCA NA BOTIJA

A noite passada, entre as 20 e 30 e as 21 e 15 horas, por denúncia anónima para o Bloco de Esquerda, foi dado conhecimento de que haveria uma viatura camarária a ser utilizada em serviço de particulares. O denunciante anónimo tendo estranhado, devido ao adiantado da hora, ter-se-á apercebido que a dita viatura estaria a derrubar árvores de fruto numa propriedade de um familiar de um vereador para depois as transportar para a lixeira criada pela câmara, junto ao cemitério "novo".

A ser verdade, o BE agora está obrigado a denunciar publicamente a situação assim como também está obrigado a denunciar a situação junto das entidades competentes. Se não o fizer irá perder o apoio de quem acredita naquele partido.

É que não é apenas a utilização indevida da viatura. Primeiro, foi utilizada em proveito próprio (entenda-se, do familiar) e depois foram fazer o depósito das árvores numa lixeira que, tanto quanto se sabe, não está legalizada. Em Janeiro, fruto da denúncia de uma outra situação aqui, no Olhão Livre, a câmara alegava que iria transformar o local num ecocentro. Será por falta de vista que os olhanenses não vêem lá qualquer coisa parecida com um ecocentro.

Vamos ver como BE vai lidar com isto...

28 comentários:

Anónimo disse...

Por falar nessa chamada anonima então o be e o so não sabiam que esse vereador utilizava os carros da camara para trabalhos particulares? mas se isso é prática comun desde os tempos do Bonança quanto mais do leal.Eu penso que o be não vai tomar iniciativa alguma relativo a esse assunto já que alguns elementos do be tambem já levaram lixo para essa lixeira,mais penso que só os so poderão e deverão tomar alguma iniciativa nesse sentido porque são mais crediveis.Mas é uma grande verdade que aquele lixeira não pode continuar ali e deveria oser denúnciada a televesão para que todo opaís visse a porcaria que lá se encontra eu depois queria vêr a cara do cara dura

Anónimo disse...

Tudo na vida tem momentos maus e bons melhores e por vezes um pouco azarados porque de verdade senão fosse esse assunto do castanheira estava tudo unido mas vamos lá ultrapssar esta fase menos bôa e fazer alguma coisa de positivi va mos obrigar o leal a tomar uma acção para resolver este assunto da lixeira

Anónimo disse...

soube que o BE vai manda a denuncia para o procurador geral da republica e fazer um comunicado á imprensa.

Anónimo disse...

a CDU é que ainda não sabe senão o castanheira já tinha mandado um protesto para o IGAT

Anónimo disse...

esta é mais uma a armar boato, como a outra do papel higiénico, e pelo próprio comentário v^-se logo que não passa disso mesmo, então a viatura que transportou as árvores também andou a derrubar as arvores, era algum chaimite que a câmara comprou. VÂO MENTIR PARA OUTRO LADO
NÂO ENGANEM OS OLHANENSES

Anónimo disse...

Estranho a viatura estar a derrubar arvores, há fotos ?
CUIDADO, pode ser só alarme!não se atirem ao vulto.

Anónimo disse...

A viatura é o camião c/grua as
arvores são laranjeiras e basta a terra estar regada para ser facil lagarem a terra onde cresceram e irem D.E.P. na estrumeira LEAL.

ol disse...

Admitindo que houvesse exagero na passagem da informação, que a viatura não tivesse derrubado as árvores, a verdade é que a viatura fez o transporte das árvores. Se fosse de alguém que tenha um quintal e que a árvore precisasse de ser removida, ainda se compreendia, tratando-se de uma exploração agrícola já a coisa toma forma diferente e pode configurar crime de peculato, mas isso depende das autoridades e se for apresentada queixa.
A lixeira nunca esteve legal, a câmara sempre foi contornando o problema e tentando convencer os munícipes de que iria fazer um ecocentro e até hoje nada e como tal deve ser denunciada.
Há um outro aspecto que deve ser destacado. Se fosse outro munícipe a autarquia teria o mesmo procedimento? Será que o trabalho foi executado à revelia do presidente da autarquia?

Anónimo disse...

isto foi um crime a cãmara andar a arrancar laranjeiras, deva-se fazer já denuncia á qercus

Anónimo disse...

então é Para defender que o lixo fique em casa ou que vá para a lixeira. Qual é o crme? se é peculato como diz o outro que eu não sei o que é, eu digo que é limpesa, ou querem ser porcos?

Anónimo disse...

Mas afinal este comentador não sabe o que é que está em causa? não é só o lixo é tambem o serviço que é feito á surápia da lei.Mas falando tambem a respeito do lixo só lhe pergunte se acha bem fazer lixeira á porta dos outros e em terrenos agrícolas,tambem pode dizer que teria que se pôr o lixo em qualquer lado mas tambem lhe digo que existem neste momento vassadouros legais para esse fim mas são pagos agora se o leal quer forrar o dinheiro do lixo para dar ao olhanense isso já é outra coisa que ainda é mais grave.Por tudo isto parece que em olhão o presidente gosta que as pessoas vivam na merda.

Anónimo disse...

Se bloco vai fazer um denúncia ao procurador da républica é melhor que não seja o j valério a assinar senão ainda perdem o candidato á camara porque denúncias sobre esse senhor é o que há mais no gabinete do procurador um abraço do MANO RUI

Anónimo disse...

olha lá o que uma chamada anónima anda aprovocar.
è mesmo um tempestade num copo de água.
Vá lá que o Leal está de férias, senão o homem adoecia de tanto rir.

Anónimo disse...

Já se sabe que as árvores eram de um laranjal do vereador João Peres, quanto ao destino que tiveram é completamente legal, não foi o que ele disse aí à tempos sobre essa lixeira?
TUDO LEGAU
o que é que querem seus empatas

Anónimo disse...

Qual Legau, qual quê, a lixeira está ilegal, so que a camara protelou o assunto fazendo crer que iria a brevo trecho fazer um eco-ponto nesse mesmo sítio.

Anónimo disse...

É verdade sim senhor a camara ficou de fazer um ecocentro no lugar dessa lixeira, e até hoje népia.
Ainda por cima esse João Peres está a gozar com toda a gente.
Não há quem avançe novamente com o assunto,Departamento Ambiente da G.N.R.
O Leal e o João Peres a esta hora estão fartos de se rir.

Anónimo disse...

Por aquilo que li este assunto figura crime de PECULATO, faltam as provas, testemunhas, fotografias
se não existerem é complicado.

Anónimo disse...

É um bom momento, estão aí as eleições.

" ESTAMOS SEMPRE AO LADO DAS LARANJEIRAS" ps

Furão disse...

Querem provas! é irem ver se as laranjeiras estão no terreno agricola do vereador ou na lixeira ilegal, digo eu não sei!

Anónimo disse...

o malucos caso nao saibam se precisarem de carregar algo tipo entulho arvores etc. a camara disponibiliza viaturas....

Anónimo disse...

Malucos são aqueles que dizem para as pessoas pedirem á camara carros para carregar entulhos para a lixeira.Se o debate tem sido sobre tirar a lixeira daquele lugar não tem cabimento a conversa deste comentador o melhors sera ele comentar os jogos do benfica no meo e deixar este espaço para quem quer discutir olhao a sério um abraço MANO RUI

Anónimo disse...

Sr. Mano Rui queira fazer o favor de deixar aqui a sua direcção para eu lá ir descarregar uma caterva de monos que tenho em casa e quero ver-me livre, uma vez que o sr. acha que enquanto o problema da licheira não estiver resolvido dvemos de nos abster de utilizá-la, assim o sr. sempre fica como fiel depositário do lixo até essa data.

Anónimo disse...

Senhor anónimo penso que deve pedior a direcção da casa do leal ou então do peres porque els é que deviam ter procurado outro lugar para por o lixo não aquele porque aquele terreno sempre foi de dar alimentação á população e não de receber a porcaria pelo menos eu conheço há mais de 6 0anos e sempre foi assim um abraço MANO RUI

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

unidade de cuidados continuados abre antes das eleicoes!!!!!
ja foram realizadas entrevistas para os funcionarios e adevinham onde claro no lar da ACASO e sera a ACASO a chupar os euros
vai ser no centro de saude na antiga parte das urgencias em prencipio abre perto de 15 de setembro unidade de tatamentos continuados

será que a data tem a ver com as eleicoes pois assim a obra ainda fresca estara na memoria dos eleitores

Anónimo disse...

unidade de cuidados continuados abre antes das eleicoes!!!!!
ja foram realizadas entrevistas para os funcionarios e adevinham onde claro no lar da ACASO e sera a ACASO a chupar os euros
vai ser no centro de saude na antiga parte das urgencias em prencipio abre perto de 15 de setembro unidade de tatamentos continuados

será que a data tem a ver com as eleicoes pois assim a obra ainda fresca estara na memoria dos eleitores

Anónimo disse...

Tanto quanto sei o veredor João Peres e sua esposa, Presidente da Junta de Freguesia de Olhão, vivem ambos naquela quinta. O pomar faz de uma exploração agricola e como a sua função é a actividade comercial; não se trata de um quintal ou jardim.
A autarquia deve disponibilizar o transporte de monos; mas serão isto monos ou residuos solidos provenientes da produção agricola? No caso parece e tendo em conta a quantidade apreciavel de residuos parece fazer todo o sentido que o sr. João Peres tivesse contratado um transporte para fazer desaparecer os residuos. A situação parece configurar o crome de peculato de uso, mas feita a denuncia é ver o que diz a Procuradoria. O habito enraizado de certo tipo de praticas dão-lhe um aspecto legal. Será tal legal assim?
Outra coisa é a lixeira, que continua ilegal mas sob tolerancia da CCDR com o compromisso da CMO em fazer um ecoponto cuja localização se ignora. Ninguem disse que seria ali nem podia ser, já que o local está protegido por legislação diversa. Passado este tempo vai sendo altura de questionar a CCDR a proposito da continuidade da lixeira naquele local.
Aproveito para lamentar que nos ultimos tempos e talvez pela proximidade das eleições apareçam aqui uns comentadores com o unico proposito de vandalizar o blog e não permitir uma discussão seria dos temas abordados. A quem beneficia a falta de qualidade destas intervenções? Aos alinhados do sistema, e não apenas à pandilha que rodeia F. Leal, que temem pelos resultados eleitorais.

Antonio PB disse...

Não sei a verdade desta história mas a mesma fez-me lembrar uma outra, bem verdadeira, que se encontra relatada no blogue bate-estacas em http://obatestacas.blogs.sapo.pt/2008/11/ , sobre o roubo de um MUPI (expositor publicitário) do PCP, em 20 de Novembro de 2008, e que estava emprestado ao SO!
Neste dia, pelas 16h, o dito Mupi desapareceu do passeio central da Av. da República.
O mupi estava devidamente legalizado junto da Câmara de Olhão. O roubo do Mupi foi participado à polícia tanto pelo PCP como por elementos do Somos Olhão. No final do dia seguinte (cerca de 24 h depois) soube-se através de testemunhos locais que o Mupi teria sido levado por trabalhadores da Câmara Municipal, com a ajuda duma camioneta da autarquia e na presença de um vereador. Quando se soube do assunto, no próprio dia 21 (6ª feira) dois membros do Somos Olhão!, por sinal também deputados municipais, tentaram, em vão, entrar em contacto com o vereador em causa para saber se este sabia de algo.
Ora, no dia 22, o dito vereador foi finalmente interpelado à entrada de uma sessão pública por um elemento do SO!, e ficou mudo como seria de esperar…
No dia 25 de Novembro o Mupi foi devolvido pelos serviços camarários totalmente limpo de qualquer informação!
A desculpa do dito vereador foi que o Mupi foi retirado para limpeza!
Atendendo ao comportamento da Câmara, alguns elementos do Somos Olhão e o próprio Partido Comunista fez queixa ao Ministério Público.
A versão da Câmara é que inocentemente acharam que deveriam “limpar” o dito Mupi das “porcarias” que lá estavam, não sendo seu interesse roubar o Mupi.
A verdade é que os serviços camarários, devidamente enquadrados por um vereador, fizeram desaparecer um Mupi, que por acaso tinha informação que não agradava à Câmara, sem nada dizerem aos seus legítimos proprietários – o PCP! Este Mupi foi recolocado passado 5 dias, devidamente “higienizado”.
O processo está decorrendo no Ministério Público e, não sei se por acaso, talvez só tenha o seu desfecho depois das eleições autárquicas…
Eu pergunto, se a limpeza do Mupi era tão inocente porque é que foi devidamente enquadrado por um vereador? Cada vez que se limpa inocentemente um Mupi é necessário a presença de um vereador?
E se fazer desaparecer um objecto “para limpeza”, sem nada dizer ao seu proprietário, é inocente, será também inocente eu fazer desaparecer o carro do sr. Vereador por cinco dias, desde que o entregue devidamente lavado e higienizado?
Repare-se que, se eu fizesse isto, o crime seria menor porque, ao menos, estaria a fazer desaparecer o carro com os meus próprios recursos e não com o dinheiro do erário público. Porque infelizmente, este triste caso tem ainda esta triste componente: é que tudo foi feito com funcionários públicos e uma viatura pública, ou seja, com recursos “roubados” ao contribuinte que bem pode protestar por os estarem a utilizar em prol de motivos políticos pessoais mesquinhos.
António Paula Brito