terça-feira, 1 de agosto de 2017

OLHÃO: A ROLHA DO PINA PREVARICADOR!





!-Infelizmente, tenho de admitir que não pesco nada de informática e por isso esta tralha das imagens não saírem a contente, nem meu nem de que nos lê, mas é o que por ora se pode arranjar.
Hoje publicamos na integra, com algumas deficiência é certo, o Parecer da CNE que manda o Pina remover todo o material de promoção., a que se refere a queixa apresentada, sem esquecer quer ainda estão pendentes mais quatro queixas, para que não tenha paz nem sossego, pagando na mesma moeda com que ele brinda os outros. Sem contar com as que ainda vão surgir!
Se atentarem no conteúdo do Parecer da CNE, perceberão o quanto este pirata tem feito à margem da Lei, o que não espanta, dado tratar-se de um prevaricador nato, mas ele que se cuide porque a CNE, tal como prometido já foi avisada do incumprimento da sua decisão de 24-07, e que há semelhança do que tem acontecido com outros municípios prevaricadores, irá ser objecto do regime contra-ordenacional.
Ainda ontem, o menino foi alvo de nova notificação ao mesmo tempo que era apresentada nova queixa.
2- Entretanto, o menino aconselhado pela corte de lunáticos assessores e conselheiros, centra agora as suas atenções na alienação das pessoas para que elas não se apercebam da realidade do que se vai passando. Assim faz propaganda da nova telenovela a rodar em Olhão, do Festival de Marisco e de outras de alienação.
Em contrapartida, os famosos da Casa da Ilha da Armona para alem de terem concedidas entrevistas a jornais ingleses de grande tiragem como o Times https://www.thetimes.co.uk/edition/news/theatre-couple-blame-homophobia-for-order-to-demolish-their-armona-home-in-portugal-c7qsh3jcv e o  The SUN, pretendem manifestar-se junto ao edifício da Câmara de Olhão no próximo dia 17 pelas 10:00 da manhã, convocando para o efeito a comunicação social internacional.
Fingindo admitir a concentração prevista, o Pina vai avisando que a mesma está sujeita a autorização, dele,  o que tem de ser requerido e muito provavelmente recusado, permitindo uma concentração silenciosa, uma rolha com que pretende calar a indignação e revolta das vitimas dele próprio.
A brincadeira da casa já custou ao ingleses mais de seiscentos mil euros dos quais trezentos mil com a aquisição das duas barracas, pelo que irão pedir uma choruda indemnização, direito que lhes assiste por inteiro.
Apesar de reconhecermos que eles são vitimas deste processo e que o único responsável é o presidente da autarquia, já que autorizou uma construção onde não podia nem devia, sem que antes tivesse pedido os pareceres prévios do Parque Natural da Ria Formosa e da ARH, não podemos deixar de manifestar o desacordo quando se queixam que foram vitimas de homofobia por parte das instituições, não porque goste delas, mas porque não corresponde à verdade.
O tempo dirá se também essa afirmação não terá tido origem no próprio presidente como forma de se limpar ou descartar da asneira que fez, atirando as culpas ao governo do seu partido (socialista). Não estamos a ver como é que os responsáveis pelos organismos fossem adivinhar que se tratava de um casal gay.
Certo é que a imagem do País e dos seus responsáveis fica degradada. E para o sr. Costa que apostou pessoalmente neste cretino é bom que colha o que semeou!
Dia 17 lá estaremos apoiando os ingleses, quer o Pina goste ou não porque para nós não há rolha que resista!












3 comentários:

Lima Nascimento disse...

A queixa apresentada ontem na CNE foi minha e vais levar uma todos os dias até que retires os cartazes e pagues uma coima,como o teu amigo de Vila Real que ontem e hoje saiu no Correio da Manhã.
O menino não aparece no jornal,porque tem aquele amigo que só publica os seus actos de bem fazer,para não estragar a sua imagem.Sempre pensei que a imprensa era imparcial,mas pelos vistos é comprada.
Já agora pergunte ao nosso camarada Dimas se conheçe a lei do ruído e se ás 6h da manhã são horas para limpar as ruas.
São atos necessários,para quem quer tapar os olhos a todos nós,quando e "SE"forem eleitos novamente voltamos a viver ns merda até as próximas eleicoēs.T.N.

Anónimo disse...

Ja´quando foi conhecida esta notiçia, comentei
1º. estas pessoas inglesas, de boa fé compraram as casas velhas, a quem não podiam vender, por uma bela maquia, só espero que tenham feito a escritura e as Finanças. lhes tenha caído em cima, pelas mais valias, já aí enganados certamente com a promessa de poderem demolir e reconstruir?
2º.como são pessoas com os bolsos cheios, quem fez o projeto e a construção, requereu a licença á Camara, e alguém autorisou, esquecendo e ocultando que são necessários outros pareceres, mais uma vez enganados e a obra começou e de tão grande deu nas vistas das autoridades competentes.
e agora, com a obra embargada e sujeita a demolição, quem é o responsável desta situação, simples os funçionários camarários e o Vereador que tratou deste assunto?
A nossa terra, não preçisa desta publicidade, que este casal faz? Os responsáveis, têm que ser encontrados e condenados a indemnizar estas pessoas que certamente não se vão calar ?

Anónimo disse...

Tanto banzé que uma simples multa resolve como tantos outros casos similares.Com as toneladas diárias de porcaria para a ria nem um pequenino chilriar.