terça-feira, 9 de julho de 2019

OLHÃO: OBRAS DE AMIGOS PARA AMIGOS!

A Câmara Municipal de Olhão anunciou que vai gastar 720 mil euros nos esgotos do Loteamento do Porto de Recreio, como se estivesse a fazer uma grande coisa.
Quando se faz um loteamento que não esteja servido de infraestruturas cabe à entidade promotora proceder à construção das infraestruturas, a não ser que…Cabe também à entidade promotora o pagamento das áreas de cedência, mas porque se tratava da própria autarquia, nada houve a pagar, mas deixaram de ser contabilizadas no valor dos lotes. Primeiro brinde!
Desde o inicio que o Loteamento do Porto de Recreio está envolto numa neblina demasiado cinzenta. Inicialmente, o loteamento chegava até ao cais do Jardim Pescador Olhanense, invadindo um espaço que pertencia, na altura, ao IPTM e depois à Docapesca, o que implicou a primeira alteração ao Loteamento.
Depois dessa alteração, a Câmara Municipal de Olhão colocou à venda o conjunto dos lotes 2 e 3 e foram encomendados estudos de mercado para ajustar o preço a pagar os lotes. Nesse estudo, calculava-se também o custo das infraestruturas que inicialmente incluíam até as do lote 1 onde está instalado o hotel.
Calculado o preço por m2, em função da volumetria permitida, o loteamento viria a ser submetido a uma segunda alteração para permitir o aumento da volumetria. Negócio de amigos!
Posteriormente, o amigo de Braga fica comprador apenas do Lote 3, desistindo nesta fase do Lote 2. As infraestruturas passam a ficar a cargo da autarquia. Negócios de amigos! Tudo limpinho e transparente!
Os esgotos do Loteamento do Porto de Recreio visam sobretudo resolver o problema da construção do antigo edifico da Companhia Portuguesa de Congelação, também ela do amigo de Braga e do que irá ser construído no Lote 3. Negócios de amigos para amigos!
O que fica por resolver são os esgotos directos para a Ria Formosa e que vão levar à interdição dos viveiros numa faixa com 400 metros de largura por toda a frente ribeirinha. Mas os viveiristas e mariscadores da nossa terra não são tão amigos assim, porque não enchem os bolsos no presidente.
De qualquer das formas, a repetição do anuncio do inicio do procedimento para levar a concurso a obra, como em muitos outros casos não passa de pura campanha eleitoral, já que a obra apenas vai estar pronta daqui a um ano, se estiver!
É caso para dizer que há obras de amigos para amigos!

1 comentário:

Anónimo disse...

Quem é o amigo de Braga? É contratado? Parece que a Justiça já começou a meter o bedelho em Faro! Isto com vento de Oeste não sei não!