domingo, 30 de julho de 2017

OLHÃO: PINA, REÍCINDE!

O cartaz da imagem está colocado no cruzamento da Rua 18 de Junho com a Avenida D. João VI (ex-Nac. 125), integrando um lote mais vasto espalhados um pouco por todos o lado, ali colocado no passado dia 27, já depois de ser questionado por diversas vezes pela Comissão Nacional de Eleições por conteúdos violadores da Lei Eleitoral dos Órgãos Autárquicos Locais (LEOAL).
Nada que nos espante, já que sabemos a propensão que o "dono disto tudo" tem para a ilegalidade/ irregularidade, julgando-se impune.
Sendo ele titular de um órgão, não pode usar os meios desse órgão para se auto-promover sem que faça uma referencia às restantes forças nele representadas, violando assim o principio da igualdade de tratamento e da imparcialidade a que estão sujeitos as entidades publicas e respectivos titulares.
Aproveitamos a oportunidade para chamar a atenção para os cuidados a ter por parte dos funcionários das autarquias face à LEOAL, e que estão também eles obrigados a observar aqueles princípios.
A colecção de cartazes proibidos custou ao erário publico, a todos nós, cerca de setenta mil euros, levantando-se uma outra questão que é a de saber até que ponto a autarquia pode ou deve pagar esta "encomenda". A utilização de dinheiros públicos para fins proibidos e como tal ilegais, pode constituir crime, e pior ainda quando se destinam a dar vantagem pessoal a quem tem o Poder de decidir, ou seja de o utilizar.
A "Seriedade" de que fala o cartaz não será certamente esta e não será qualquer outra porquanto o que conhecemos deste menino, será tudo menos sério. Na verdade, numa noitada bateu num carro e fugiu, como se pode ler num comentário assinado pela proprietária, comentário esse feito num post do Olhão Livre. No seu percurso profissional, também meteu mais agua que um barco com um rombo na ré. Senão vejamos, enquanto responsável pela analise de candidaturas a fundos comunitários do IFADAP, de parceria com o seu vice na autarquia e sócio nas ostras, e em nome do falecido pai desse, validou um estudo económico com o qual se abotoaram e bem. Tratava-se de comprar X bancadas para as ostras por um valor varias vezes superior ao preço de mercado, o que levou o superior hierárquico a devolver o projecto para rectificação face aos valores patenteados. Corrigido, os valores continuavam a ser demasiado elevados mas ainda assim passou; depois de tudo acertado, criaram a sociedade que os casou! Enquanto vogal do conselho de administração do Hospital de Faro também foi indiciado por práticas ilegais, tendo a presidente daquele conselho, assumido a responsabilidade. Tudo gente séria! "Seriedade"!
Quanto às competências do menino, estão à vista. É tão competente que não consegue ver a desgraça em que estão as infraestruturas de agua, saneamento e viária, fazendo algumas intervenções, agora, por causa das eleições depois de quatro anos perdidos.
Voltando ao principio, porque no fundo o importante é que este traste anda a gastar (mal) o dinheiro extorquido aos munícipes quando se sabe que o Município de Olhão é dos que, a nível nacional, mais receita arrecada através da cobrança de impostos. Até quando, os olhanenses vão permitir isto?
Uma palavrinha ainda para o papá do menino, ex vereador, ex director regional de educação, ex governador civil, ex presidente da RTA, que vem dizer que em política não é o vale tudo. Certamente estaria a referir-se ao filho, porque nenhum outro exerce o Poder como ele.
OLHÃO PRECISA DE UMA MUDANÇA!
FORA COM ESTA CANALHA!

12 comentários:

Anónimo disse...

e os cartazes junto das escolas com a sua imagem? é permitido?
e as obras nas ruas para tapar os olhos ás pessoas,? estas obras são uma fachada para dizer que fez alguma coisa.
em quatro anos o atual executivo o que fez além de deitar dinheiro pelo cano? usou os canos para esconderem os podres.

Anónimo disse...

Desgraçade malandrao devíamos ser governados por pessoas cerias como vosses

Ana Paula Horta disse...

Quem será que vota nesta gentalha?

Lima Nascimento disse...

Claro que em politica vale tudo papá Pina!A sua esposa já defendia este conceito,quatro anos atrás antes do seu rebento ser eleito.Todos já sabemos,que o sr.tem um sentido de humor fantástico e que é um incompreendido mas,existem limites para tudo nem que seja para justificar esse humor a que eu chamaria baixo nivel.Quando uma pessoa com tantos galhardetes como o sr.ostenta tem a lata de rir na minha cara e desvalorizar o dinheiro gasto na formação da minha filha(Licenciada em História da Arte,Peritagem de Arte e Conservação e Restauro)como alguém que unicamente tinha formação para lhe restaurar os seus cabelos brancos,desculpe mas é baixo nível!Termino dizendo-lhe que felizmente a minha filha,tem trabalho e não precisou da cunha de ninguém,nem estar filiada em qualquer partido politico.O mesmo já não poderei dizer da sua familia,onde os armários já não têm lugar lara tantos tachos.Teresa Nascimento

Anónimo disse...

A mãe pina agora também têm muita lingua mas eu sou do tempo em que ela trabalhava na rosal do Sr.Julinho vendia torradeiras e demais quinquilharias, depois à conta do lanbe-cus do marido que recebeu bem os ensinamentos da mocidade portuguesa e que se não fosse lambe-cus o Cavaco tinha-o demitido porque ele não era do partido dele,ele e o cara dura arranjaram depois um tacho para a mãe pina na igreja pequena segurança social e depois daí já como funcionária pública passa para a escola do barrinhos(Alberto iria) Barros vizinho e grande amigo do lambe-cus . Como se costuma dizer o papá ensinou o menino a nadar. Depois ainda temos o p.s.d.que começando pelo Alberto Almeida nunca teve um candidato credível em olhão passando pelo pirulito cagao os candidatos são escolhidos assim para facilitar a vida ao ps.e fazer o que têm feito desde o 25 de abril orientarem-se entre eles (pataca a ti pataca a mim)isto anda tudo ligado. Mudem o voto e corram com esta gentalha.

Lima Nascimento disse...

Ainda a propósito dos cartazes fundo verde de esperança e palavras a apelar ao sentimentalismo.Trabalho,seriedade e competência.Apetece-me cantar aquela música do Jorge Palma(Deixa-me rir),o trabalho não o mata,seriedade só mesmo a sua porque,a dos outros é tudo uma cambada de mentirosos,competência zero.Parabens pela nova farda(verde)das meninas da Ambiolhão,a esperança nunca morre.Olhão tem um caminho?Claro,aquele que o levará a sair da vida dos Olhanenses duma vez por todos e já vai tarde!Termino com uma frase dum grande estadista.A Politica sem risco é uma chatice,mas sem ética é uma vergonha.T.N





Anónimo disse...

MAFIA séria está por inventar.

Lima Nascimento disse...

Ao bloguista que se lembra da Rosal,do senhor Julinho e da venda das torradeiras,também deve saber que são primos ds mãe do nosso menino.Por isso existe um irmão com quem a dita senhora não se fala porque isso faz parte daquela altura da vida dela,A.P(antes do Pina)e D.P.(depois do Pina).Felizmente eu não escondo esqueletos no armário,os meus estão todos no cemitério de Quelfes.E continuam estes mamoēs a beneficiar de eventos à borla como é o caso dos fins de Ano no casino de Vilamoura,à conta de lugares que ocuparam tempos atrás.Tenham vergonha!T.N.

Anónimo disse...

Sim sabia muito bem. É pedreiro, é pobre,por-isso tem vergonha dele mas com o outro irmão que vende peixe no mercado e foi emigrante na Alemanha fala. O Lambe -cus orientou-se bem , foi obediente.

Anónimo disse...

Não existem duvidas sobre quem governa os destinos de Olhão mas será que a populaça altera o sentido de vote?
Vamos esperar atá o dia 1 de Outubro.

skatemadness disse...

Utilizar as campanhas da CDU apropriando- se das frases como suas, isto é plágio.
Não haja quem reclame a autoria?
JdM

skatemadness disse...

Infelizmente as "citações" são copiadas de cartazes de campanhas anteriores e mesmo atuais da CDU.
Não haja quem reclame a autoria?
Na política vale tudo, total ausência de escrúpulos na apropriação de textos e até mesmo de idéias.
JdM