segunda-feira, 17 de julho de 2017

OLHÃO: MORREU DOMINGOS TERRAMOTO!

Aos sessenta e cinco anos de idade morre, cerca das 24 horas, Domingos Terramoto, fundador e autor do Olhão Livre, vitima de doença prolongada, .
Combatente pela Liberdade, pela  Democracia e pelos direitos dos trabalhadores sucumbe no seu ultimo combate.
Que saibamos honrar a memória do nosso irmão,camarada e amigo!

51 comentários:

Anónimo disse...

Os meus sentimentos! Foi-se o corpo, resiste o ideal. Estamos na luta!

Anónimo disse...

O mundo hoje amanheceu muito melhor!

Santos Marcelino disse...

UM GUERREIRO

Ana Rita Santos disse...

??? Morreu uma pessoa... Por favor

Rosário disse...

Paz à sua alma! Sentidos pêsames à família e amigos!
Olhão ficou mais pobre!
Homem de luta
Camarada e amigo.
Até um dia

Anónimo disse...

Que comentário estúpido e desnecessário!

Anónimo disse...

Nesta hora de luto e de dor quer manifestar à família do Domingos Terramoto as minhas mais sentidas condolências.

José Vaz disse...

Os meus sentimentos. Pena que nestas alturas as ratazanas anónimas saiam do esgoto onde vivem para faltar ao respeito a quem partiu.

Anónimo disse...

Olhão agradece a Deus por o ter levado daqui!

Anónimo disse...

Quando chegar a tua vez, o mundo estará muito, mas muito melhor!

Carlos favinha disse...

Os meus sentimentos à família. Os ideais perduram como a consciencia de ter cumprido o que se tinha proposto nesta curta passagem. Até sempre amigo.

Rosa Pereira disse...

Olhäo ficou mais pobre. Paz à sua alma e condolências à família.

Anónimo disse...

Devia estar calado com o seu comentário ! Gente como você não tem nível nenhum !!

Anónimo disse...

E se Deus quiser o seu dia também chegará!!

Feliciano disse...

Tinha que ser um cobarde, escondido no anonimato, a proferir um insulto infame.

Anónimo disse...

Falta dizer de que dia

Rogério de Marvila disse...

Morreu um camarada !! Um intrépido combatente, justo nas palavras e nos actos. Onde outros arrepiavam caminha, tementes das "consequências", Domingos Terramoto mantinha-se fiel ao seu pensamento, um homem de antes quebrar que torcer, Vivamos e lutemos honrando a sua memória.
Honra ao camarada Domingos Terramoto !!!

Rogério de Marvila disse...

Morreu um camarada, um intrépido combatente, um Homem convicto nas suas palavras e acções, resistente onde outros tergiversavam e "arrepiavam caminho" tementes das "consequências". Honra ao camarada Domingos Terramoto. Vivamos, lutemos, honrando a sua memória !!

rogério disse...

Há pessoas de exceção que nasceram para dar de si aos outros, na luta pela justiça, pelos direitos do povo, pela terra que os viu nascer, crescer e por fim, num golpe de infortúnio, partir... estarás sempre ao nosso lado como amigo que não se esquece e como PESSOA que contribuiu com as suas ideias, militância e experiência de vida para Olhão ser dos olhanenses e de todos os que verdadeiramente a amam!

Anónimo disse...

Os meus pesámos para toda a família e amigos...
Vamos continuar a defender os nossos ideais!

culatra disse...

Só os cobarde podem esconder-se no anonimato para denegrir a memória de um lutador. Domingos Terramoto deixou-nos, mas connosco fica um legado de luta pela Democracia e pela Liberdade que sempre soube defender.

Hugo Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Atento disse...

O passado e presente de Domingos Terramoto é um histórico de luta pela liberdade e pela democracia sempre em prol de uma sociedade mais justa.
O melhor exemplo dessa luta é o comentário desse mete nojo que diz que o dia amanheceu muito melhor,pois a única coisa que deve defender é um tacho ou uma negociata feita nas costas desse povo que Domingos Terramoto defendia.

Anónimo disse...

Concordo plenamente deixe eles também morrem

Anónimo disse...

Olhão hoje ficou mais pobre e chora pelo desaparecimento do professor Domingos Terramoto

Marco disse...

O munda amanecerá e continuará melhor quando bestas que pensam com o intestino e não possuem coragem para assumir a sua raiva e se escondem no anonimato. Terramoto lutou até ao último suspiro pela sua terra, pelos seus ideais. Teve muitos adversários, foi sempre muito contundente mas é preciso respeitar a dor dos seus familiares e amigos.

avesantos disse...

Os meus sentidos pesamos á Familia, com criticas ou com louvores se foi um Olhanense que teve a sua intervençao bem vincada em muitos assuntos do interesse de Olhao. Ele levantou o veu de muitos problemas e alertou os Olhanenses para outros tantos.

Anónimo disse...

Sentimentos para a família e amigos. Ficam os ideais e todo um legado em prol do povo e contra a corrupção. Até sempre!

Anónimo disse...

Respeito pelo homem que foi e paz à sua alma. Sobre o comentário vozes de burro, não chegam ao céu. É olhão no seu melhor, palavras para que?

Anónimo disse...

Bem haja.Osmeus sentimentos.
Do ilhote.

Anónimo disse...

Respeito, muito respeito por um Homem,um Português, um Olhanense. Foi-se o homem,que outros continuem com o seu ideal de um mundo melhor e mais justo. Quer se goste ou não, viva o "Olhão Livre".

Anónimo disse...

Anónimo, Será naquele dia que tiveres cheio de dores e que nenhum médico fará nada por ti e irás suplicar por ajuda. Nesse dia ainda terás tempo para te lembrar do que escreveste hoje. Adeus

Anónimo disse...

Olhão perdeu um dos seus melhores combatentes anti-MAFIA. Até sempre Domingos Terramoto.

Porto Santo disse...

Morreu um Homem que sempre ousou lutar, mas nunca morrerá as ideias que sempre defendeu. Os meus sinceros pêsames à família e aos amigos.

Anónimo disse...

Um já foi. Já só falta o outro. Ardam na fogueira do vosso ódio

Susana Gomes disse...

"E o mundo só pode ser
Menos mau, menos atroz,
Se conseguirmos fazer
Mais p'los outros que por nós."(António Aleixo)

Olhão amanheceu mais pobre!!! Pelas lutas que travaste, pelo teu grande coração e nobres ideais, Obrigada Domingos e até um dia! À família os meus sinceros sentimentos... :((

Anónimo disse...

Foi a pior notícia que aqui li. Um blog que deve continuar em sua honra. São necessários todos os pontos de vista.
Os meus sentimentos!
JS

Fc disse...

Domingos Terramoto incansável na sua luta por um mundo mais justo, sempre ao lado dos mais fracos, dos mais pobres, dos injustiçados. Toda a vida defendeu Olhão e os olhanenses mesmo que com isso fosse ganhando inimigos do lado dos corruptos, lambe cus e caciques, trazendo-lhe por vezes dissabores e ódios pessoais como se pode ver por certo comentário. Mas isso é muito pouco, e diz mais de quem comentou de forma odiosa do que se pode pensar. Apesar do luto é reconfortante ver e sentir a forma emocionada que tantos e tantas se têm manifestado ao longo do dia com boas lembranças de um homem justo, camarada e amigo. Que a procura por um mundo mais justo seja continuada. Força para quem fica, e ao seu irmão, António Terramoto força redobrada para continuar a sua luta, nós olhanenses só temos que agradecer por ter cidadãos assim na nossa terra.

Carlos Lelo disse...

Da a cara,depois comenta......

Mónica disse...

Ao meu amigo e camarada Domingos Terramoto, obrigada pela sua luta incansável pela transparência e a ilimitada dedicação com que defendeu nossa terra e da nossa gente. São vozes intrépidas como a do Domingos - tão necessárias em democracia - que despertam consciências para a tremenda responsabilidade que cada um de nós, enquanto cidadãos, tem e deve ter na condução do nosso destino colectivo. Com pessoas como o Domingos, aprende-se a nunca desistir, que nenhum esforço é vão e a mudança é sempre possível.
Ao António Terramoto os meus sinceros pêsames, louvando-lhe a coragem por ter publicado, num momento de sofrimento tão profundo, os comentários soezes que de forma tão cobardemente anónima aqui foram desferidos contra quem já não se pode defender.

Anónimo disse...

Só um pirulito cagao podia fazer um comentário destes. Mas o caráter de um homem também se mede pelos inimigos que tem e ele tinha muitos. Nunca serás esquecido. Repousa em paz terramoto.

monica fontes disse...

Deixar comentarios foleiros sem cara a mostra demonstra bem o tipo de pessoas que devem ser nem na morte mostram algum respeito,enfim....

carlos nogueira disse...

Com um comentário desses deves ser um belo urso

Luís Rocha disse...

O mundo hoje amanheceu muito melhor...
Quem é a anormalidade, estúpido, cobarde, que se esconde atrás do anonimato para se vangloriar pela morte de um ser humano que dedicou toda a sua vida em prol da comunidade, lutador político, enfim, um ser humano digno, sempre em defesa de causas justas, contra a corrupção, pela transparência na política e na vida pessoal.
Posso não partilhar da sua filiação partidária, aliás digo-o aqui, ainda sou do Partido Socialista, mas reconheço o homem, o democrata, o trabalhador, alguém que não se deixou corromper pela política, tomara eu que dentro do Partido Socialista houvesse homens e mulheres desta craveira, com esta postura e com esta dignidade, como Domingos Terramoto.
Quem se atreve a fazer um comentário tão malévolo num momento de tristeza pela perda de alguém que demonstrou ter qualidades acima da média, só pode ser uma autêntica
BESTA! O meu nome é Luís Eduardo Rocha, ainda sou do Partido Socialista mas não partilho a visão dos actuais dirigentes do meu Partido, quer a nível local, regional ou nacional, cujas decisões internas mais fazem lembrar os tempos negros da ditadura. Nem Salazar se atreveu a tanto...

Luís Rocha disse...

Os meus mais sentidos pêsamos a toda a família de Domingos Terramoto.
os combatentes da liberdade, pela transparência na política e na vida nunca serão esquecidos.
Descansa em Paz Domingos, pois esta foi uma luta superior às tuas forças. Que DEUS te acolha no seu seio.

Cá o je disse...

Que descanse em paz!

abundio Martins de Sousa disse...

Um dos direitos fundamentais conferidos por um regime verdadeiramente democrático, é a liberdade de manifestação da opiniões, na mais ampla diversidade;
Correspetivamente a este direito, sobre todos impende a obrigação de respeito por cada uma dessas opiniões, ainda que eventualmente discordantes com a perspetiva de cada qual;
Na realidade, opinar em liberdade, mormente se tal exercício é feito em contra corrente com o poder vigente, implica uma denodada coragem, que deve ser devidamente reconhecida;
Infelizmente, nem sempre é este o caso, pois andam por ai muitos marialvas que exibem os colarinhos de democratas, mas que na realidade convivem muito mal com aqueles outros que com eles discordam;
No caso concreto do Domingos Terramoto, quer se concorde com as opiniões vertidas pelo mesmo, quer não se concorde, é de reconhecer a coragem a que atrás se alude;
Fundamentalmente, o Domingos sempre deu a cara pelos princípios e opiniões que defendeu;
Só os bravos e corajosos têm esta postura;
Tomara que os opositores tivessem coragem para fazer o mesmo, pois muitos mais não fazem do que proceder como ratos de esgoto, esgrimindo críticas a coberto do anonimato;
E nem mesmo nesta hora de dôr para a família e para os amigos, se coibem de mostrar a pequenez do que são feitos;
Mas, como muito bem diz o povo: "Vozes de burro não chegam ao céu";
Que descanse em paz o Domingos Terramoto;
Um abraço de condolências para o irmão, nesta hora tão difícil.

Anónimo disse...

O cara ratada foi outra vez "apanhado". Triste figura realmente. Que ser tão decadente. Fosse esta situação há anos quando ainda havia alguma honra e decência na nossa terra, já este bandalho tinha levado um "tratamento" condizente com as suas repugnantes atitudes Sr. Presidente, não estará na altura de correr com este energúmeno?? É que de facto a presença deste miserável na autarquia associada a si, não abona em nada em seu favor...

Anónimo disse...

É pena não te identificar os covardes são assim falam mais se escondem pode ser que a tua fogueira de ódio te deixe cego cobarde da a cara palhaço

Anónimo disse...

Gente ordinária

Anónimo disse...

Fica aqui a minha sentida homenagem!(...)
"É com imensa tristeza que comunico a morte de Domingos Terramoto um dos fundadores do Blog Olhão Livre.
Domingos Terramoto, foi um lutador contra todas as formas de fascismo, e ditadura antes e depois do 25 de Abril.
Teve preso pela ditadura de Caetano por ser contra a guerra colonial e teve preso depois do 25 de Abril pelo COPCON sem acusação formada, indo parar ao presidio militar de Santarém, onde foi dos últimos 3 lutadores a ser libertado dos 29 presos de Olhão que o COPCON prendeu pela calada da noite a 23 de Abril de 1975.
Saiu em liberdade, sem nunca ter vergado e ter sempre recusado ordem de identificação"!. Retirado Blogger. "Olhão Livre"