quarta-feira, 5 de março de 2008

Mercados de Olhão em Risco de Fechar?

"Peixe-galo com excrementos de pardal, guarnecido com penas e palhas do ninho da mesma ave. Também aqui a autarquia, ou quem é responsável pelos mercados de Olhão, dá mais uma vez azo à imaginação.
Estava aqui há dias um comerciante a queixar-se, que a sua banca de venda todos os dias antes de lá colocar o peixe, se encontra coberta de excrementos e penas de pardal, que grassam nos telhados dos mercados de Olhão e palhas dos seus ninhos. Depois de limpar e colocar o peixe na banca, rapidamente o peixe fica novamente coberto desses lixos. O dito vendedor já reclamou várias vezes mas até aqui o problema continua. Questionava-se ele se não será um caso de saúde pública. Será que o problema da saúde pública é só para os particulares? Será que as Câmaras e empresas municipais podem transgredir a lei à vontade sem a actuação da ASAE? Que maneira de governar os destinos dos munícipes!
Li há dias no bate estacas a proposta de incluir nas comemorações dos 200 anos da revolta olhanense contra os franceses, um passeio ribeirinho que passasse pelos cinco focos de poluição já aqui divulgados (Sobreviver2). Dou desde já o meu aval à ideia do bate estacas e já agora pode-se incluir este novo prato da gastronomia olhanense.
Compreende-se que com tanto trabalho para aprovar à pressa o Programa POLIS da Ria Formosa e o novo PDM para a zona de Marim, não tenham tempo para questões “secundárias”."
Escrevi este artigo o ano passado no dia 3 de Março. Passado 1 ano tudo continua na mesma!
Mas hoje é mais grave e os comerciantes de carne do mercado da verdura estão a pensar chamar
a ASAE, por causa dos mesmos pardais, pois os escrementos e penas e restos dos ninhos todos os dias estão a cair em cima dos seus estabelecimentos, pondo em risco a saúde publica.
O mesmo se passa em relação ao plano de higiene HACCP, que não é cumprindo pelos mercados de Olhão.
Os comerciantes estão com receio que a ASAE faça uma visita surpresa aos mercado de Olhão, e que mande encerrar os estabelecimentos, por incumprimento dessas normas de higiene!
Alertei a CMO o ano passado, através da noticia acima publicada. Como é normal, a vereação da CMO fez ouvidos de mercador! E nada fez para alterar a situação.
Quem é o vereador responsavél pelo mercado de Olhão?Não sabe desta situação?
O presidente da CMO é leitor habitual deste blog, aconselho-o a pedir opinião ao seu adovogado, para, no caso dos estabelecimentos comerciais serem encerrados pela ASAE, saber as indemenizações que vai ter de pagar aos comerciantes.
Entretanto li no Forum Olhão um artigo, onde se fala que num possível encerramento,dos mercados de Olhão! Não fará este desleixo parte do plano de encerramento dos mercados?
será que, a ser verdade, a população de Olhão não irá fazer nada contra isso?

4 comentários:

rc disse...

sr. costa dou nome para o prato: “pexegal aupardal àistile dólhão”.
A CMO tem uma sociedade camarária para gerir os mercados a Mercados de Olhão, EM, cuja actividade principal é fácil deduzir , segue a política da Câmara, é cobrar rendas aos concecionários das bancas, lojas e estabelecimentos nos mercados cujo valor total deve ser uma conta considerável.
Manter as condições de higiene e trabalho acarretam despezas.
Quanto à ASAE não se preoucupe que não é competência deste organismo fiscalizar as CM, mas sim o IGAT, senão era o bom e o bonito ver esta notícia nos jornais: “ASAE fecha Câmara de Olhão por ter vereação avariada e fora de prazo”
Sabemos que tal é impossível quando temos um presidente que afirma “não tenho medo da ASAE”

costa disse...

Caro rc,concordo em absoluto com o nome para o cardápio,e como tem nome afrancesado ,vem mesmo a calhar para as comemorações dos 200 anos da coça que os nossos antepassados deram aos franceses, aqui nas nossas redondezas. Acerca dessa sociedade que você fala,para gerir as praças (desculpe os mercados,é que eu desde moço que me habituei a dizer e a ouvir dizer praças de Olhão, posso-lhe adiantar que desconhecia que existia tal organismo,mas já consultei o seu link e então o caso é mais grave.
(O segundo link não consegui consultar, porque está em manutenção).Já agora quem é o administrador dessa sociedade municipal,está lá a tempo inteiro?Gostava de saber, para se tiver opurtunidade lhe perguntar, o que se passa nas praças.

Anónimo disse...

Caro Costa,
Até às últimas eleições autarquicas o administrador da Empresa dos Mercados, EM era o Sr. Mário Gonçalves, actual vereador da CMO. Enquanto esperou para voltar à CMO esteve como administrador à espera de melhores dias! Agora não sei quem é o administrador.

costa disse...

Obrigado ao anónimo ,que me indicou quem era o antigo administrador,pelo que sei o sr Mário Gonçalves é agora vereador a tempo inteiro da actual vereaçao camarária,por isso penso que não deve ter tempo, para lidar com as situaçaos que todos os dias acontecem nessa sociedade municipal,por isso continuo á espera de saber quem é o responsável pela porcaria dos pardais em cima das bancas das nossas praças,e de outros probolemas realionados com o mesmo espaço,agradeço mais informaçao.