sábado, 19 de outubro de 2013

OLHÃO: O PASQUIM DO RESSABIAMENTO

A imagem acima reporta um artigo de opinião publicado no pasquim que dá pelo nome de Sporting Olhanense, e convém desde já esclarecer que tão venenosos é o artigo como o próprio jornaleco.
Durante muitos anos o antigo director conseguiu manter uma certa independência em relação ao Poder autárquico, algo que desapareceu particularmente nos últimos quatro anos, o que se lamenta e repudia. O pasquim tem assinantes de todas as cores politicas e deveria ter mais cuidado nos seus conteúdos. Obviamente, e porque somos adeptos da democracia não se trata de fazer um apelo à censura, mas que a direcção do pasquim desse as mesmas condições, oportunidades a correntes de opinião diferentes, coisa que não faz, muito pelo contrario. E se todos os assinantes de outras sensibilidades politicas resolvessem deixar de comprar o pasquim, queríamos ver como é que faziam, de pouco lhes valendo as publicações obrigatórias da autarquia.
Quanto ao conteúdo do miserável artigo, constata-se que o mesmo provem de um apaniguado do partido do edifício da Alfandega, esse sim ressabiado por ter perdido a maioria absoluta em todos os órgãos autárquicos.
A cobardia do autor do artigo de opinião vai ao ponto de não se identificar porque sabe que aquilo que vomita é igual ao que defeca.
Quanto a mim. assumo o muito orgulho que tenho em ter sido convidado pelo PCTP/MRPP para ser o seu cabeça de lista nas ultimas autárquicas assim como assumo tudo o que tenho escrito no Olhão Livre e até hoje nunca desmentido. Aliás, sempre o disse, que a canalha que se esconde atrás do Poder politico estava à vontade para intentar os processos que entendesse por denuncia caluniosa, coisa que nunca fizeram, porque sabem que iriam sofrer as consequencias de tal gesto. Seria com imenso gozo que me sentaria no banco dos réus porque antes disso, no âmbito da defesa poderia sempre requerer diligencias que iriam demonstrar da veracidade das publicações.
As contas de 2010 e 2011 estão marteladas e foi o próprio narigudo que o confirmou em Assembleia Municipal; que as negociatas com o Grupo Bernardino Gomes em torno da edificabilidade da Quinta João de Ourem, Marina Village e do Hotel estão sob investigação e certamente serão apuradas irregularidades; que as edificações na Rua Nª Sª do Carmo estão todas em Domínio Publico Marítimo o que proporcionou grandes negociatas; que a casa de Mendes Segundo foi feita à margem das regras e que o próprio Ministério Publico junto do Tribunal Administrativo pediu a nulidade das licenças de habitabilidade e construção é um facto; que o somatório das violações do Código dos Contratos Públicos dá para provocar muitas dores de barriga, é um facto; para alem destas muitas outras há que a seu tempo virão à luz do dia.
Que o opinador esteja ressabiado com o rumo dos acontecimentos é normal e mais ficará ainda quando começar a pedir acesso a documentos que são públicos como o processo da Verdades Escondidas e da promoção da patroa, entre muitos outros. Bem podem rasgar os documentos que quiserem porque na falta de documentos poderá haver outros falhas nos procedimentos e o crime poderá ser maior. Um crime gera outro crime.
Não quero deixar de ter uma palavra de solidariedade para com todos os candidatos da oposição visados pelo vomito deste monte de Esterco Socialista (E. S.), pese embora o distanciamento politico que me separa deles. A diarreia mental do opinador resulta de em determinados assuntos de interesse para o Povo de Olhão poder haver uma votação contraria à do executivo MINORITÁRIO, que desde sempre esteve mais vocacionado para os grupos de interesses económicos do que num desenvolvimento socialmente sustentável, e isso leva-o à provocação gratuita.
ESTERCO SOCIALISTA (E. S.)
OS ASSINANTES DO SPORTING OLHANENSE DEVEM REPUDIAR O ARTIGO JUNTO DA DIRECÇÃO DO JORNAL.

8 comentários:

Salsa disse...

Gosto

E.Cruz disse...

Como é que o editor desse jornal publica um texto ofensivo à maioria dos cidadãos que encabeçaram as listas dos partidos concorrentes às eleições autárquicas em Olhão.
Quem será o ressabiado? o autor do artigo ou os visados.

Floripes disse...

Sou mulher e não posso deixar de comentar que além de motivos políticos, soa-me a ego machista ressabiado tambem....isto de mulheres bem-sucedidas e autosuficientes, capazes de assumir posturas públicas e defender opiniões próprias em paridade com o sexo masculino, sem favores recebidos graças ao físico ou a manobras de sedução nos bastidores tem que se lhe diga.....ainda faz comichão a muito homem (saliente-se o "h" minúsculo)tal como deve fazer a este ES,mal formado,mal educado e mau cidadão!!! Concordo absolutamente com os motivos que apresenta para que nunca tenham sido levadas a cabo diligências para o processar por "denuncias caluniosas" neste blog, pois só quem não tem o "rabo preso" vai atrás do rabo de alguém! Creio que se deve orgulhar sim, é uma pessoa convicta e frontal que assume as causas em que acredita e dia após dia as combate "no arame"!!Mais filhos de Olhão assim houvesse ... Um bem haja :)

Anónimo disse...

se fosse as advogadas do bloco metia essa abécula num molhe de broculos,que até havia de cagar de repucho.

Anónimo disse...

Têm dúvidas que este ES tá lixado?? Pois eu não tenho nenhuma,as dr.ªas fazem-lhe a folha. Esta historia não vai ficar assim,estou expectante de novos desenvolvimentos.

Anónimo disse...

E tu é que dizes o que é que os sócios do SCO ou assinantes do jornal devem fazer ó meu ditadorzinho?

Sabes onde fica o estádio sequer, para andares aí sempre a criticar e falar mal?

O Pina ganhou as eleições, agora aguentem, não chora.

Anónimo disse...

Este texto não só é ofensivo para a maioria dos cidadãos deste concelho como também é uma autêntica vergonha para qualquer membro do partido socialista que seja digno dessa qualidade. Isto prova, uma vez mais, que o partido socialista está infectado com alguns vírus potencialmente perigosos e contagiantes. Alguém que se diz socialista e faz um artigo de opinião desta natureza deveria ter a dignidade de não só lá pôr o seu nome, como a seguir, por uma questão de autoanálise deveria pedir a demissão do partido socialista porque o verdadeiro socialismo não se faz nem se revê em opiniões tão estúpidas, ofensivas e miseráveis como as do autor desta texto.

a.terra disse...

O Serginho ficou azedo pelo tom dos comentarios que não abonam nada o seu aberrante post. Da proxima terá mais cuidado!