domingo, 16 de abril de 2017

RIA FORMOSA: AMANHÃ, O DIA D!

Hoje é Domingo de Pascoa, mas nem por isso deixa de ser um dia de luta para aqueles que amanhã verão as suas casas demolidas no núcleo do Farol - Ilha da Culatra, com os quais estamos inteiramente solidários.
No passado a agua entrava pelas areias do núcleo adentro e foi necessário criar uma barreira para o evitar, As casas agora a demolir estão precisamente na faixa de protecção rudimentar criada para evitar o avanço das aguas, pelo que as demolições podem pôr a nu um outro problema, a exposição das restantes à situação de risco invocada para as demolições.
Há cerca de três semanas atrás os representantes dos moradores faziam chegar a alguma comunicação social, uma nota dizendo que não se responsabilizavam pelo que pudesse acontecer às maquinas demolidoras. Os mesmos vêm agora apelar à calma, à serenidade. Só falta dizerem para os moradores a correr das ilhas devem ir munidos de picaretas para ajudarem a demolir as suas próprias casas.
O que mudou?
Pelo meio houve uma reunião com os trastes Pina e Luís Graça, que apresentaram uma promessa, mais uma, não de solução, mas apenas e só, de uma mera participação no conselho consultivo do novo programa de ordenamento a aprovar. Um chupa para calar a criançada impertinente.
De comunicado em comunicado, o SOS Ria Formosa, vai deixando cair a máscara, apresentando-se mais como uma célula partidária do que como defensora de todos os moradores, e não só daqueles que por caminhos esquisitos, temporariamente, ficaram de fora das demolições. O discurso do SOS é exactamente o mesmo dos trastes Pina e Luís Graça, e serve para estes dizerem no Largo do Rato que controlam a situação junto dos moradores, evitando a contestação.
Mais uma vez lembramos que a Ministra da Justiça, e o Ministro das Infraestruturas vieram a Olhão e os moradores não foram chamados a manifestarem-se, tal como acontecera durante o governo anterior. Mas o Ministro do Ambiente, o verdadeiro ideólogo das demolições, foi a Tavira e mais uma vez os moradores das ilhas ficaram em casa, porque não lhes chegou a comunicação de tal visita. Para culminar, o secretário de estado do ambiente, veio aos Salgados inaugurar a nova ETAR, mais uma vez sem a presença contestatária dos moradores, pelo contrário mereceu aplausos da parte de quem diz defendê-los.
Agora, entre os apelos à calma e serenidade, diz-se que é fruto de uma nova postura, a negociação política, "razão" para evitar o clima de conflitualidade. Nada mais errado do que parar uma luta para negociar. Essa estratégia serve como mel na sopa para quem pretende dividir os moradores, que vão vendo as suas casas serem demolidas por fases, uma atrás das outras.
Quem sabe se a "limpeza" desta parte da praia não implicará no imediato de mais demolições quando encontrarem aquilo que as "barracas" a demolir escondem. São as barracas que defendem o núcleo do Farol e por isso nunca poderiam estar a mais, razão mais que suficiente para as defender.
Acham os senhores, que estas "barracas" estão a mais, porque não são deles, esquecendo que pode muito bem acontecer que as suas casas passem também, e por isso mesmo, a estarem em zona de risco.
NEM UMA SÓ DEMOLIÇÃO!
LUTAR ATÉ AO FIM!
SEM LUTA NÃO HÁ VITÓRIA!

6 comentários:

Anónimo disse...

Era interessante saber por onde andarão os senhores que tanto gritaram nas Televisões nas reuniões das autarquias que nem uma casa iria abaixo?
Os senhores e as senhoras que berraram que tudo não passava de um governo que não se preocupava com o povo?
E aqueles que eram todos Ilhéus que apareciam nas primeiras linhas das entrevistas o que é feito deles e aquele senhor do Farol que só por cima do cadáver dele passariam as maquinas?
A única certeza é que podem receber os parabéns do maldoso Pina e Luís Graça.
Parabéns aos dois por terem cumprido as ordens do partido e mais não digo.
Questionem a concelhia de Olhão e de Faro do Partido Socialista e saberão a verdade.
Sejam felizes

Atento disse...

Traidores um dia traidores a vida TODA!
Cansados de lutar??? ai pois é... Pois não é a vossa casa que vai abaixo.
Casas devolutas é barracões abandonados é que vão ser demolidos??? Porque não dizem isso às pessoas que vão ficar sem casa?
Judas é o que são desde a Joana do arco passando pelo ferreirinha acabando no prime do pina.
Como diz o povo o povo não perdoa a traidores e será que vão continuar a dormir descansados depois de mais esta traição com a conivência do pina e do graça.
vale a pena ler esta noticia
Battling islanders of Ria Formosa are preparing for the arrival of bulldozers tomorrow, but it could have been so much worse.

Going this time are 40-odd properties “seized” by State authorities last month that haven’t since won the benefit of court embargoes.

As SOS Ria Formosa campaigner Vanessa Morgado explained, they are almost all buildings that have been abandoned for some time, in poor states of repair - or whose owners have “given up the fight to save them”.

Householders who have fought demolitions all the way are protected by “providências cautelars” (actions lodged through the courts) and “cannot be touched”, she said - which gives islanders time for negotiations due to get underway for the new POC (coastal plan for the area running from Vilamoura to Vila Real de Santo António).

Olhão’s mayor António Pina and Socialist MP Luís Graça have pledged that in the intervening period no demolitions will go ahead (click here).

The POC will be drawn up over a period of 15 months in conjunction with local populations adamant that no further homes should be destroyed.

Morgado, whose campaign group vowed to ‘stand between the machines and houses’ in the event of enforced demolitions, says this is least bad scenario considering the situation only a few weeks ago.

Of 31 properties on Farol nucleus of Culatra island daubed in blue painted numbers by the authorities, four have since been ‘saved’ by court actions, and thus no permanent homes on the western extremity of the island will be lost.

As a result, protests that habitually accompany island demolitions will be absent tomorrow.

“I cannot ask people to put themselves in the middle of machines to save sheds, or the houses of others who have stopped fighting”, Morgado told us.

“These people need rest. We have been fighting for years - and the situation now is a lot better than it used to be.

“Now we have to put our efforts into steering the emphasis of the new POC so that historic human settlements on the barrier islands are not destroyed”.

SOS’ campaign slogan is “requalification YES, naturalisation NO” (meaning, the islands should be upgraded, but not ‘returned to the wild’, as environment agency APA along with Sociedade Polis Litoral have in the past been insisting).

The next few weeks in which demolitions will first go ahead at Farol and then Hangares will be “dark and sad for the island community”, said Morgado - “but there is something that has to be stressed very vehemently: the future cannot see any further interventions of this nature”.

Hopes and trust are pinned on the POC negotiations in which islander associations have all been assured they will have a voice.

natasha.donn@algarveresident.com

Anónimo disse...


(...)Olhão’s mayor António Pina and Socialist MP Luís Graça have pledged that in the intervening period no demolitions will go ahead(...)
Na tradução simples diziam o Presidente António Pina e Luís Graça que não haveriam demolições.
Em tempos passados se alguém criticasse estas duas aves não havia água que lavasse, estas duas aves eram do melhor os Pesadinhos os Gordinhos os Levezinhos e mais alguns Ilhéus componham o ramalhete quem se atravesse a questionar esta gente iria passar as passas do algarve.
Agora os grandes defensores estão calados, amanhã lá estarão as televisões para filmar os gritos choros ameaças etc..
Gostaria de ver um cartaz com o nome dos traidores, obrigado Olhão Livre!

Anónimo disse...

eu sempre disse desde inicio isto do SOS nao passa de uma farça de pina e companhia , lezinhos morgados etc.. que protegeram as casas deles e agora que se lixem os outros.... quando as casas dos outros forem abaixo deviam era pegar fogo nas deles

Quintino Catia disse...

E ja agora porque que esta cambada de parvos qe tao pra aqui a deitar postas de pescada nao dao a cara??? Deem o corpo as balas como todos deram.... Agora virem critar o trabalho dos outros.... E de gentalha mesmo baixa... Reles.... Deem a cara... Ou entao todos os qe para aqui tao falar tem telhados de vidro.... Ahhhh pois.... Esquecem se qe olhao é uma cidade pequena e TUDO SE SABE meus caros.... Axo que o melhor qe fazem é tomarem conta das vossas vidas... Que pelo jeito nao tao la muito bem... Uns doentes outros passados..... Tenham juizo.....

Anónimo disse...

Cara Cátia. Politica e verdade não quer cara nem quer nome. E tem toda a razão ,olhão é pequeno. Já agora abra os olhinhos para a realidade e aprenda também a escrever que ainda pode vir a fazer lhe falta.