sexta-feira, 15 de setembro de 2017

OLHÃO: QUE MERDA DE DEMOCRACIA É ESTA?

Há uns dias atrás escrevíamos sobre a possibilidade real da Altice se vir instalar em Olhão, com o apadrinhamento do ainda presidente da câmara municipal de Olhão, António Pina.
Na quarta feira passada, houve sessão de câmara e alguns vereadores questionaram o presidente sobre o assunto e obtiveram como resposta que nada havia de concreto, para no final da reunião convidar os mesmos para a sessão que se lhe seguiria com os representantes da Altice.
Reunião da qual resultaria a apresentação de mais um projecto programado para depois das eleições, como se pode ver em https://www.municipiosefreguesias.pt/noticia/11767/olhao-acolhe-incubadora-de-empresas-de-base-tecnologica, e que nada tem de original uma vez que já fora apresentado em 2009 por Francisco Leal como se pode ver em http://barlavento.pt/arquivo/olhao-vai-ter-incubadora-de-empresas-de-base-tecnologica.
Para alem da falta de originalidade consubstanciada na apresentação de antigos projectos recuperados pelo ainda presidente, a situação é ilustrativa do défice democrático existente na autarquia, já que o cretino presidente nem à vereação tenha dado a conhecer a realidade do projecto que segundo ele já se desenvolve à cerca de nove meses ( o tempo de parir qualquer criança). Mas estamos em crer, dada a promiscuidade existente entre os vereadores desertores do PSD e o da CDU  e o ainda presidente, que eles provavelmente estariam por dentro do assunto.
Como pode um presidente de uma autarquia tomar uma decisão destas à revelia dos restantes eleitos, e sonegar-lhes informação tão importante? Mais, como pode o cretino presidente tomar uma decisão que envolve custos para o município sem a autorização da Assembleia Municipal? E já agora, como pode a duas semanas de um acto eleitoral, que pode e deve pôr fim à sua carreira política, tomar decisões que comprometam o executivo que se seguirá?
Ainda que a chamada oposição lhe tenha delegado competências do órgão, e até mesmo por isso que constituiu um voto de confiança na fraca figura do presidente, jamais seria impensável que num regime dito democrático fosse possível sonegar, omitir informação que não só é do interesse da classe política como de toda a população de Olhão.
Para já e pelo que é dito na apresentação, à autarquia compete proporcionar as instalações mas o grande beneficiário é a Altice, porque tal como ali se disse, "este polo funcionará como uma plataforma a partir da qual empresas e desenvolvedores particulares poderão trabalhar em novas aplicações ou tecnologias que se enquadre na estratégia de desenvolvimento do grupo (Altice)". Ou seja, como é habitual nesta empresa, vai dar um chouriço a quem lhe der um porco!
É esta a merda de democracia que deixámos se instalasse em Olhão nos últimos quarenta anos!















8 comentários:

Lima Nascimento disse...

ALTICE ou mais uma aldrabice?T.N.

Anónimo disse...

Criticam o António Pina mas podem ficar descansados que a vitória está garantida.
O bicho só ataca a maçã sã, se o atacam é porque o homem faz algo que outros não conseguem fazer.
Segundo ouvi dizer e está no site da câmara municipal foi aprovado Plano de Pormenor Noroeste Olhão mais propriamente na zona noroeste da cidade conhecida por Quinta João de Ourém mas porque será que ninguém blog-ou?
A única certeza será para manter os moradores preocupados com a não resolução do problema, agora já podem dormir descansados porque o plano já está na CCDR Algarve, para aprovação sendo posteriormente apresentado em Assembleia Municipal!

Anónimo disse...

Quem defende a vinda da Altice e esta maneira de fazer negócios em que as câmaras têm que dar contrapartidas, neste caso as contra partidas serão o terreno para que estas empresas multinacionais e exploradoras de recursos de concelhos pobres e mão de obra barata se possa instalar, são os mesmos que sabem que os seus não irão la trabalhar pelo ordenado mínimo. Os outros, explorados que estão aplaudem por pensar que não há alternativas, e ainda há os chico espertos que já devem andar a engendrar maneira de vigarizar a câmara e a Altice.
A criação de postos de trabalho deve ser defendida por uma câmara que se diz socialista, porém o trabalho tem remuneração, direitos e deveres. Se o presidente soubesse o que se passa nas indústrias, médias empresas e grupos de multinacionais que funcionam no nosso concelho saberia que existe exploração e nalguns casos quase escravatura. Claro que os opinadores da política olhanense, aqueles que reluzem e comem e bebem em bons restaurantes que têm os filhos e as filhas a estudar fora, que trabalham fora, que trabalham cá mas não frequentam a mesma estratosfera acham que sim, muito bem, melhor que nada. Pimenta no cu dos outros refresca.

Lima Nascimento disse...

Se a sua afirmação é veridica porque publica como anónimo?T.N.

Anónimo disse...

Pina ganha

Anónimo disse...

Se tem assim tanta certeza dê a cara,só lhe fica bem ou é daqueles que mama à conta do orçamento?Só pode!

Anónimo disse...

Nao trabalho na cmo nem faço parte de nemhuma lista mas para vir pior antes o pina

Anónimo disse...

Luc nuncaaaaa