quarta-feira, 25 de maio de 2011

BARRA DA FUZETA OUTRA VEZ

http://www.youtube.com/watch?v=AlO39OHMcOs&feature=player_profilepage
Mais de seis meses após a inauguração com pompa e circunstancia, da nova Barra da Fuzeta, eis que voltamos ao assunto e pelas piores razões.
A sinuosidade e largura da nova barra, que parece ter sido desenhada pelo engenheiro que projectou a estrada da Serra do Caldeirão, não oferece o mínimo de condições de segurança para a sua navegabilidade. A juntar ao delta de vazante, que obriga a contornar o labirinto criado, as embarcações bastas vezes ficam atravessadas na barra e encalhadas em seco, à espera que um golpe de mar tira a vida daqueles que dela precisam para ganhar o dia-a-dia, os pescadores. E, como se fosse pouco, só os barcos de menor dimensão a podem atravessar e a partir de meia maré.
Por outro lado, e as imagens confirmam-no, a margem terrestre da Ria Formosa está completamente areada desde o molhe nascente do porto da Fuzeta até à Torre de Aires, matando toda a biodiversidade ali existente,de entre as quais, os viveiros de ameijoas.
Quando a descabelada Valentina Calixto e o narigudo Francisco Leal, dois criminosos ambientais, vêm falar na defesa dos interesses das populações locais, constatamos que afinal, mais não fizeram do que acabar com um sem numero de viveiros de ameijoas, prejudicaram gravemente os pescadores, degradaram o ambiente e o eco-sistema da Ria Formosa.
Milhões e milhões do erário publico gastos de forma inútil, em época de vacas magras, e que serão os agora prejudicados chamados a pagar, porque estes políticos de merda ainda não perceberam que não há qualquer incompatibilidade entre as actividades económicas tradicionais da Ria Formosa e o Turismo,antes pelo contrario, são um excelente cartaz de promoção turística. Quem nos visita, não tem hipótese de assistir a uma tal actividade nos seus pontos de origem, como a imagem do homem curvado sobre a terra apanhando o marisco.
Procurar eliminar as actividades económicas tradicionais da Ria Formosa em nome de um pseudo desenvolvimento, do qual apenas temos visto o engordar as algibeiras de alguns poucos na mira do lucro fácil e rápido, revela bem da incapacidade e da péssima qualidade dos nossos irresponsáveis políticos.
Perante isto e à beira de um novo acto eleitoral, os pescadores da Fuzeta, vão cruzar os braços e ficar indiferentes, ou vão lutar, e chamar mais uma vez a atenção promovendo novo boicote às eleições?
Nós apoiamos e apoiamos a luta dos pescadores da Fuzeta, solidarizamos.nos com eles e procuraremos dar mais visibilidade às suas justas reivindicações.
E para começar, porque não participar já na próxima Quinta Feira na concentração do Largo da Pontinha em Faro às 20.30 horas?
Mostremos o nosso descontentamento com aqueles que nos conduziram à miséria!
video

24 comentários:

Anónimo disse...

Ó terramoto,porque será que levas o dia inteiro a ispiulhar tudo o que se passa em olhão?será que tens alguma doença crónica e como tal foste para a invalidez?será que poupaste assim tanto que te dás oa luxo de não trabalhar?ou será que recebeste alguma alguma herança?tens toda a razão no que dizes,mas sabes faz-me cá uma espécie tu não trabalhares,que gostava de saber o que foi que aconteceu na tua vida para teres assim tanto dinheiro que não precisses de trabalhar,ou serã que tens alguma part-time?Paulo p

a.terra disse...

Ao Paulo p:
O meu modo de vida só a mim diz respeito. Não sou figura publica. Mas se tem inveja do que faço, copie. Não sabia que a sua preocupação era a vida privada de cada um, mas fico satisfeito por saber que, ao contrario de mim, valoriza esses aspectos em detrimento daquilo que é o conteudo do post.
Felizmente que pensa assim, já que parece estarmos em lados opostos da barricada. De qualquer forma, obrigado pela sua preocupação.

Anónimo disse...

Boa, a. terra! gostei da luva branca;
Questiono-me se certa gente merece a elevação da atitude.

Anónimo disse...

o Paulo deve ter algum complexo sobre as pessoas que se preocupam onde se gasta o dinheiro dos nossos impostos,sem prestar contas a ninguém e ainda por cima prejudicando os armadores e pescadores de 64 embarcações registadas no Porto da Fuzeta sim porque a Fuzeta é um porto de pesca onde até capitania existe.
Além disso esse dinhiero é gasto destruindo a Biodiversidade em cima do frágil cordão dunar pois cerca de 20 máquinas pesadas em cima do cordão dunar dirante 1 ano dá o resultado que se vê nos video ou seja o manto vegetal protegido desapreceu e nem tão cedo recupera.
Também a biodiversidade marinha e pradarias marinhas foram destruídas pois as dragagens das 4 chupadoras que destruíram milhares de m2 de pradarias marinha ,aquilo que em Olhão se chama ceba e cebarinha.
tudo isso com o aval da ARH,e sem o consentimento do director do PNRF do ICNB da CCDR e da Capitania.
Alguém vai ter de responder por esses crimes ambientais que só aconteceram pela teimosia de fechar a barra que a natureza abriu na fUZETA E QUE O lEAL PEDIU À VALENTINA PARA FECHAR COM MEDO QUE A AGUA VIESSE BATER NOS PRÉDIOS QUE A CMO, AUTORIZOU IELGALMENTE,QUE SE CONSTRUISSEM EM DPM A 15 METROS DE PREIA MAR.

Anónimo disse...

é verdade...mantém-se a irresponsabilidade há mais de um ano, o completo desrespeito pelo meio ambiente, pelos cidadãos, pelos turistas, por um sem numero de utentes deste espaço que têm aquela paisagem lunar, repleta de máquinas como pano de fundo. engraçado é também esperar pela feira de parques naturais e reservas e ver os tachos todos engravatados, convidados pelo presidente da câmara, cheios de marisco e vinho verde, passeando com aquele ar de político português que veio directamente do chao de terra batida para a vida política.

Anónimo disse...

Ao Senhor Paulo p
Parte do que somos hoje,são as caracteristicas algumas herdadas das nossas familias,outras não e estas aonde cabe a criação e educação.O alicerce basico de integridade,honestidade,as normas de conduta e de caracter são frutos dessa personalidade.Seja qual fôr a razão que o motiva,ou outra, relate o que lhe vai na alma com substância,não se resguarde no ataque cobarde e pessoal,tenha paciência,ás vezes custa a engolir tanta evidência e verdade,mas não é com este tipo de intervenções que faz valer o seu ponto de vista ou opinião.Tem neste espaço oportunidade de fazer valer a sua opinião sobre o tema do post,nunca terá o acolhimento da ofensa pessoal,pelo menos da minha parte enquanto comentador do Olhão-livre.

DX

Anónimo disse...

Ó anónimo,então eu tenho algym complexo sobre as pessoas que gastam o dinheiro dos nossos impostos.Se fores lêr o artigo que o leal publicou hoje na correioda manha,vais vêr onde se gastou o dinheirinho e onde se podia gastar mais e a oposição não deixou.Tem o partido socialista feito obra em monte e vocês não agaradecem porque o que queriam era vêr tudo como era á 30 anos,mas nessa foto não se vêem vocês.Paulo P

Anónimo disse...

tERRAMOTE,VOCÊ NÃO DEVIA SER TÃO VIOLENTO COM O PAULO.sE VOCÊ É QUEM DIZ,PORQUE NÃO CONVIDA ELE PARA PASSEAR COM VOCÊ,SERIA UMA BOA FORMA DE ELE CONHECER O QUE VOCÊ DIZ CONHECER TÂO BEM,VALE?Márcia

João Soares disse...

A quantidade de anónimos que existem em blogues que como o vosso que tentam alterar e impôr alguma justiça ambiental, mostra uma coisa: uma quantidade enorme de portugueses que preferem o modernismo à conservação da natureza e apostam algumas soluções a curto prazo pois iram ganhar algum dinheiro agora, e assim não mostram a cara. Contudo vos digo que não medem as consequências no presente e nas gerações futuras- os vossos filhos e netos e todos os portugueses que desejam um Olhão livre d emais betão. Bem hajam Olhão Livre.

a.terra disse...

À Marcia: Não vejo qualquer violencia no que digo ao Paulo p, mas é curiosa a forma como coloca o assunto, porque não faz referencia ao que o Paulo p diz a meu respeito. Não acha que deve ver os dois lados da questão?
Quanto ao passeio, porque não vai o Paulo p à "Cidade sem Lei" e à Torre de Aires? Será que precisa de companhia? Mas olhe que eu só ando com quem quero e não com quem me tentam impôr. De qualquer das formas, não me parece que possam desmentir o que vem tratado no post. Passe bem.

Anónimo disse...

Moss ió Paulo pôrra,então querias que o Leal aida fosse gastar mais dinheiro sem o ter,pôrra o endividamente deve ter um limite bem não me admiro tá tudo na banca rôta camara e governo´SO! pra bola foi um milhãozinho,vai-te mas é tratar!

Anónimo disse...

O meu caro concidadão do comentário das 16:58 espera que alguêm vai ser julgado pelo que o POLIS tem feito, em particular, o topo da hierarquia? O SISTEMA protege quem o serve e ainda para mais, muitíssimo bem;repare no percurso da senhora Valentina e tire ilações.Alguém que não sentisse protecção ao mais alto nível corria o risco de assumir decisões como as que a senhora assumiu? Possível mas muito remoto.
O mais que poderá acontecer é a dança das cadeiras - mudar alguma coisa para tudo ficar na mesma.
A menos... a menos que a indignação ao estado a que este estado chegou tenha consequências radicais.

Anónimo disse...

A quem assina por Márcia - com tanta sensibilidade as cardosas vão comer na sua mão; experimente e será uma ternura só vista na Ria Formosa.

Anónimo disse...

Cardosas na mão da Marcia ?eu diria holotúrias ,vão encher a sua boca,e marcinha ficará então contente,que nunca mais falará mal, de quem se preocupa com os problemas do ambiente.

Anónimo disse...

Achar que as manobras da Fuzeta são defensáveis sob algum prisma normal ou defender que o acidente de Fukushima foi a melhor coisa que aconteceu ao Japão é a mais que mesma coisa (perdoem-me os japoneses).O mais grave é que em Portugal após 6 anos de desmando ainda se duvide da solução do sarcófago.Deve ser por isso que dizem que os nipónicos são mais evoluidos.Seria bom que nós também pelo menos no registo de todos os crimes de gestão da coisa pública nos últimos anos.Fé.
DI.

Anónimo disse...

Paulo P! "...tem o partido Socialista feito obra em monte..."
AHH, tem tem! ...e que monte de obra - nem um barrosão é capaz.
Sabe quem vai sofrer para pagar esse monte de obra? seus filhos, netos, bisnetos...além de, talvez vossa mercê.
Máfia que nasceu antes da 1ª república, que depois de fazer tanto monte de obra foi obrigada a hibernar com o Salazar, para em Abril reaparecer muito mais refinada, adquirir impunidade absoluta e levar-nos a um estado em o que o FMI será mais carrasco que paliativo.
"CHAPÉUS HÁ MUITOS... Paulo P."

Anónimo disse...

Terramote,eu vou aceitar o seu convite, e esta tarde irei á cidade sem lei e á toore de aires,mas fica sabendo que á noite estarei a teu lado em faro.Até já Paulo p

a.terra disse...

A nova barra da Fuzeta, é mesmo dos tempos modernos. Não há estrada que não tenha a sua rotunda e por isso a barra da Fuzeta não podia fugir à regra, se bem que não seja bem uma rotunda mas sim um triangulo a desviar para o lado da Cidade Sem Lei. Os nossos engenheiros, prevendo o futuro encerramento desta barra, estão na pratica criando um delta de enchente.
Curioso tambem o anuncio da Valentina Calixto de adopção de uma pradaria marinha, onde não devia.É que depois de ter destruido outra pradaria vir anunciar esta, traz-me à memoria aquela cena do cavalheiro amigo do regime que construiu uma casa em cima do traçado da Variante Norte à 125 e agora montou dois ninhos de cegonha e sobreiros para dizer que é amigo do ambiente.
Compare-se as semelhanças entre a Valentina e Chico Leal e veja-se a forma com tratam estas jogadas. Cambada de mentirosos, aldrabões!

a.terra disse...

A nova barra da Fuzeta, é mesmo dos tempos modernos. Não há estrada que não tenha a sua rotunda e por isso a barra da Fuzeta não podia fugir à regra, se bem que não seja bem uma rotunda mas sim um triangulo a desviar para o lado da Cidade Sem Lei. Os nossos engenheiros, prevendo o futuro encerramento desta barra, estão na pratica criando um delta de enchente.
Curioso tambem o anuncio da Valentina Calixto de adopção de uma pradaria marinha, onde não devia.É que depois de ter destruido outra pradaria vir anunciar esta, traz-me à memoria aquela cena do cavalheiro amigo do regime que construiu uma casa em cima do traçado da Variante Norte à 125 e agora montou dois ninhos de cegonha e sobreiros para dizer que é amigo do ambiente.
Compare-se as semelhanças entre a Valentina e Chico Leal e veja-se a forma com tratam estas jogadas. Cambada de mentirosos, aldrabões!

Anónimo disse...

ó A. terra explica lá essa do inteligente que construiu em cima do traçado à variante norte e agora planta sobreiros e ninhos de cegonhas nos terrenos envolventes na mira de alterarem o traçado que é o inteligente? só pode estar a ser aconselhado nãO?O MESMO FEZ A VALENTINA NA FUZETA? ENTÃO ESSA SENHORA NÃO SABE A DESTRUIÇÃO QUE FEZ E CONTINUA A FAZER? AGORA ARMA-SE EM DEFENSORA DAS PRADARIAS MARINHAS?

Anónimo disse...

Podem me informar quem esta a frente desta concentraçao

Anónimo disse...

A D. Valentina sabe muito bem desviar a atenção do que quer encobrir - tudo planeado ao pormenor. Sendo difícil tapar o sol com a peneira lá vai arranjando uns quantos para compôr o cenário de credibilidade. Foi..., agora as pradarias marinhas, amanhã... vamos aguardar; a cabecinha pensadora não para, axo que nem para tomar um cafézito;Vamos aguardar pelas consequências do tsunami FMI.

Anónimo disse...

eles comem tudo e não deixam nada
mas o ridiculo é que ainda há quem defenda essa corja, volta salazar porque ao pé destes eras um anjinho!!!!!!

Anónimo disse...

quem e o beneficiado com esta barra ! pergunto quem paga esta irresponsabilidade, nos e claro, porra mas eu não fui consultado !sera porque na sou dotor. a mosca no seu labor pousa coma mesma alegria na cabeça dum doutor como é qualquer porcaria.