terça-feira, 1 de abril de 2014

Quem Ventos semeia Tempestades Colhe!

Resposta de Domingos Terramoto, na sua página do F.B. às provocações do aprendiz de presidente da C.M.Olhão, Antonio Pina, divulgadas na comunicaçao social,  a respeito do MRPP ter tomado de assalto o B.E. em Olhão!

O texto a seguir é integralemte de Domingos Terramoto.

"PRESIDENTE DE CÂMARA PROVOCADOR E ALDRABÃO!!!

Na pretensa notícia que o presidente, ou alguém a seu mando, enviou para a comunicação social afirma que o BE foi assaltado pelo radicalismo do MRPP, numa clara insinuação à minha pessoa. Nunca escondi, nem escondo as minhas origens políticas. De facto, o MRPP foi a minha escola política à qual me orgulho de ter pertencido e, como é natural, como activista de um partido como o MRPP, ou agora eleito como independente nas listas do BE, nunca ascenderia a lugares de topo, tão próprio dos oportunistas. Nunca me servi, nem valia a pena tentar por razões óbvias, da politica para empregos ou tachos, nunca colhi nem espero colher vantagens através da actividade política. O mesmo já não pode dizer o presidente da câmara. Enquanto o "papá" do senhor presidente foi militante do MDP/CDE e, mais tarde da CDU, nunca passaria de professor. Vendeu a sua consciência, os seus princípios políticos por um lugar ao "sol". Passou-se de "armas e bagagens" para o P"S" e teve uma ascensão meteórica. Tal pai, tal filho, que só através das influências políticas do "papá" arranjou tacho no IFADAP, no Hospital de Faro e a "mana" nas Águas do Algarve.
A "vantagem" política quando se é militante de partidos como o P"S" ou o PSD, fazem com que estes partidos mantenham um certo eleitorado e que façam a alternância de Poder e tratam de se encobrir uns aos outros. "Vantagem" é o que a maioria desta procura. O senhor presidente da câmara tem um viveiro de ostras com uma dimensão muito superior para a qual foi licenciado. O "papá" do senhor presidente da câmara possui uma casa na Ilha do Farol. Para quem se interessa por estas coisas e que tem a sua casa em risco é consultar o traçado da chamada "zona legal", antes da POLIS e depois da POLIS. Dá para perceber nitidamente que o traçado foi alterado premeditadamente para salvar a casa do "papá" e do ex-vereador do PSD e durante muitos anos lacaio do Poder socialista, Alberto Almeida.
São diferenças abismais. Continuo a preservar os valores de esquerda, atento às questões sociais, à falta de uma política de emergência social por parte da câmara. A minha consciência não está à venda, o meu voto não é um voto de vendido.
Democratas, socialistas nas palavras mas fascistas nos actos, é aquilo que caracteriza, uma boa parte das gentes que se penduram em partidos como P"S" e PSD, que colocam os interesses particulares de cada um acima dos interesses do colectivo. Não tenho interesses em negócios como privatizações de portos de recreio ou em instituições com verdades escondidas convenientemente.
Snr Presidente, passe bem. Penso que a questão do MRPP está esclarecida e pode ter a certeza de que continuarei a dar-lhe luta. As MENTIRAS, A TRAPALHICE, A INTRUJICE acerca do orçamento serão as cenas dos próximos capítulos."

Nota do Olhão Livre: "Quem ventos semeia tempestades colhe" ,só faltou dizer que o cunhado, foi recentemente agraciado com um tacho,  na ambiOlhão(mais conhecida por roubiOlhão), num concurso publico, envolto numa escuridão mais negra que as nuvens da tempestade que está hoje em Olhão!

14 comentários:

Anónimo disse...

Sou um leitor do blog a muito tempo. Não tenho qualquer partido...mas uma coisa agr pergunto a este senhor...mas alguém tem alguma coisa a haver com isso? de onde eras e do que fazes? tu não fazes nada...só te vejo a criticar!!! será que vocês so criticam? so falam palha politica? dêem ideias, façam iniciativas, denunciem o mal mas não destruam o pouco que temos! parem de viver desconfiados onde podem ser unidos e ajudar tudo e todos! Parem de pensar apenas em vocês e pensem num bem comum. Seja PS, seja PSD, seja BE...epahh paremmmmmmmm!!! somos apenas um pequeno concelho deste pais onde só reina este tipo de coisas mesquinhas e sem sentido!!!!!! Oh Sr. João Terramoto...eu não o conheço...mas PORRA JÁ CHEGA! Nunca vi aqui uma iniciativa da sua parte...só falar mal e mal. Façam iniciativas de bem...limpar praias, dinamizar a animação da baixar, trazer paz a um concelho!!! caramba! IDEIAS SABEM O QUE É??? FALAR MAL NÃO E NADA! ASS: Um orgulhoso jovem cidadão de Olhão!

Anónimo disse...

Boa,muito boa!
Todos, todos sem excepção, os camaleões mafiosos têm de ser desmascarados.
A bandidagem que vivia sob a cobertura do anterior regime meteu o capote democrata/esquerda/socialista/comunista,acoitando-se ao longo do tempo à família de melhor conveniência - o centrão foi a cereja em cima do bolo; os filhos e netos seguiram o exemplo.
Quando desperta este povo?
Quando impõe este povo uma liderança séria/competente/transparente/ que fale verdade,que custe o que custar permita um Portugal mais justo e melhor para todos?
"Descobrimos o mar,perdemos o império,FALTA CUMPRIR PORTUGAL"

L.Pedra. disse...

Ao anónimo das 15.15
Limpar Praias? mas isso não é função da ambiOlhão?
Sabe que o 25 de Abril foi feito para as pessoas terem o direito de criticar?
Vocês só criticam??? mas quem tem de governar não é a CMOlhão,saberá que a CMOlhão quando dão sugestões dizem vou tomar nota,e depois não fazem nada.
Uma boa sugestão tem dado os autores deste blog que não sei quem são,mas sei que querem ver a Ria sem descargas de Esgotos desde a sua criação e a CMO seja o Leal seja o Pina seja o Carlos Martins e Grancida e o marido,tem continuado a despejar TODOS os dias para as aguas da Ria Veneno puro.
Se é jovem e se não anda à caça de subsidios da cmolhão,pense pela sua cabeça e veja que se não fosse este blog os esgotos na Ria se calhar nem tão cedo acabavam,pois não se tem calado.
Se é jovem, e tem tantas ideias porque não diz uma?

Anónimo disse...

Sr. L. PEDRA
Dou ideias sim...mais do que alguma vez você irá sonhar! Os esgotos...são um problema comum e não existe uma única cidade deste pais que não tenha esse problema...ou só a merda que o Leal e o Pina cagam é que vai pra ria? quem saiba...a merda que eu cago e que você caga também vai la parar...! Solução não é resolvida num abrir e fechar de olhos! sim limpar praias ou ja viram a vergonha que esta a praia do pedro zé, em frente a marina, o proprio parque natural? pois é...mas a culpa é da merda que o Leal e o Pina cagam? BIG LOOOL! Não ando a procura de subsídios da CMO...quem eu saiba...que recebe esses subsídios é os vereadores desses partidos que vão todas as semanas as reuniões da assembleia e tem direito a entrada grátis e morfar a borla no festival do marisco...é quem passa a vida a falar mal de quem os alimenta e mete comida na mesa! SIM sou jovem...adorava mesmo dar e expor as minhas ideas mas infelizmente devido a cagar de certas pessoas...as outras ja não nos ouvem! Já reparou que o pais esta em crise? alias...A EUROPA ESTA EM CRISE!!! que não há verbas pra nada a não ser o que já foi aprovado? Sou Doutorado em Gestão e licenciado em Economia e mestre em marketing...mas até a minha sobrinha de 4 anos sabe que não dá pra fazer tudo e ficar no café a ver o que se passa de mal aos que estão a tentar fazer bem não é nada! ZERO! Vocês fazem bem em contestar...muito bem...temos todos que nos fazer ouvir...mas falar mal por falar? OFENDER quem tenta fazer algo de bom? por amor de deus...PAREM COM ISSO!!! Fui limpar uma praia a pouco tempo onde a idade media era 18 anos...não vi ninguém desta gente la...fui fazer o programa limpar portugal...onde adultos eram no máximo 2 por grupo...não os vi la! fui ajudar os animais abandonados e vocês onde estavam?????? ahhh pois é! consciência politica não é consciência de quem fala mais mal ganha...mais cabeça meus senhores...mais cabeça!!! Ass. Um orgulhoso Jovem Cidadão de Olhão

Salpicos Romã disse...

O anónimo "Doutorado em Gestão e licenciado em Economia e mestre em marketing" deveria perceber que todos nós (leitores, bloguistas entre outros) tentamos melhorar a situação actual. Acredito que cada um o faça da melhor forma. Agora quando se encaram pessoas com prepotência suficiente para dizer que as obras da Barreta são para que se fale da Barreta e para chocar a opinião pública numa sessão de Câmara é preciso ser muito naif para não criticar. E esta é só das últimas que me lembro.
Mais, quando queremos paz mas não estamos atentos às tantas o que acontece a seguir é que os nossos direitos estão a ser violados e o que este blog faz é o trabalho importantíssimo de ALERTAR e chamar a atenção de pessoas. Conhece mais alguém que faça isto a nível público e sem benefício monetário?
Também nunca deve ter ouvido dizer (suponho) que a revolução não se faz num dia, mas é um acto contínuo. Isto porque: Patrão (povo) fora, dia santo na loja (CMO e Ambiolhão, etc...), espero que me tenha conseguido explicar. Este é também o papel deste blog, pelo menos pelo que tenho acompanhado. O papel de estar sempre em cima dos acontecimentos para que pessoas com cargos mais que bem pagos e supostamente com responsabilidade associada conseguirem perceber que há quem esteja atento e se calhar não põe tantas vezes o pezinho de fora.
Mais ainda lhe digo que quando se dão sugestões elas nunca são aceites e pior ainda como o diz você mesmo: "adorava mesmo dar e expor as minhas ideas" tente ir a uma sessão da CMO, pode ser que o aldrabem e ainda tentem um acto circence como fazem em todas as sessões de câmara.
Quanto ao lixo que foi recolher acho que fez muito bem. Mas não queira exigir isso aos outros, cada um tem a sua perspectiva e a minha enquanto pessoa é que não é o lixo do Pedro Zé que nos vai fazer viver em paz nem igualdade de direitos. É a compreensão de das pessoas sobre qual o próprio papel na sociedade, principalmente quando elegidas para a representarem e defenderem. Quanto aos animais abandonados gostava de saber qual a sua opinião sobre o que aqui se discutiu na semana passada sobre a situação dos residentes da casa de habitação social do Largo da Feira (post de 25 de Março de 2014).
Sendo que eu não faço parte dos autores deste blog, digo-lhe ainda mais: há conhecimentos em política activa que muito poucas pessoas neste país têm. Se está tão interessado no trabalho dos autores deste blog (procura de documentos e confirmação de actos ilegais, entre outros) deveria tentar falar com eles, penso que é sempre uma boa oportunidade de tentar aprender com quem sabe discutindo ideias e percebendo como se pode agir.

L.Pedra. disse...

Será um jovem ou uma jovem, prima do primo?

Anónimo disse...

Doutor, licenciado e mestre, a assassinar o português desta maneira???

Lamentável!

E quem lhe disse que é possível fazer, sem denunciar, falar, debater?

Essa do "calem-se" é velha, e tem nome: fascismo.

Anónimo disse...

Os animais são importantes, mas os seres humanos também o são e racionais. e a CMO em nome da vereadora gracinda emite mandatos de desepejo a quem não tem onde viver.
Foi-lhe apresentado uma sugestão por um dos autores desse blog,que era criar condições para aproveitar as instalações de um jardim de infância ao abandono,e a vereadora grancinda disse 1º que o edficio não era da CMO passado 1 hora na sessão publica da CMO disse que afinal o edficio estava emrestado ao agrupamento Paula Nogueira quando toda a gente sabe que é mentira e que estava esse edficio estava ao abandono.Sabe porque razão a vereadora grancinda eimte esse mandato? Pela simples razão que nasceu num berço de ouro herdou do falecido 1ºmarido montes de prédios,que nem sabe quantos são.se ela soubesse o que é ser sem abrigo com toda a certeza não emitia esse mandato e tentava resolver a situação,das pessoas necessitadas.

Justino disse...

Essa jovem ou jovem, se calhar pensa que limpou a Praia do Pedro Zé? Então e o aterro de material Tóxico proveniente da construção civil entre os quais telhas de amianto, que a CMO fez no local, que eram salinas quem tira de lá?
Tirou 1 tonelada de lixo? tirou 2? mas já fez as contas às milhares de toneladas de residuos perigosos que estão no local? por acasso viu o cano de esgoto da ETAR a envenenar toda a zona ou colocou baias nos olhos para não ver e molas no nariz para não sentir o cheiro nauseabundo que aquela etar emite na zona de descarga das escorrências assasinas?Sabia que naquele local estavam os melhores viveiros de OLhão?e hoje está toda poluida?SE há alguém em Olhão e no Algarve que não desiste de lutar contra a poluição na Ria Formosa os autores deste blog são essas pessoase eu desde jálhes dou os meus parabéns,e tenho pena que uma defensora(o) da natureza e dos animais não veja isso,a não ser que tenha vacas encoiradas.

Anónimo disse...

Aqui vai a informação de que disponho (dividida em 2 partes por ser longa)para SALPICOS ROMÃ sobre o problema da habitação social no Largo da Feira.


1 - O Bruno Ferreira esteve na sessão de Câmara e pediu a palavra que lhe foi concedida (em parte)e começou por dizer que estava ali a pedir à CMO para não ser despejado da casa comunitária onde vive e se tiver que sair de lá que lhe arranjarem um quarto com o respectivo subsídio para a renda.
2 - O vereador do PSD Eduardo Cruz disse que tinha sido abordado na rua pelo Bruno Daniel e por Fernando Madeira que lhe puseram ao corrente da situação do Bruno na casa. Mas que depois nos serviços sociais teve conhecimento através dos relatórios que a verdade era outra. Ou seja chamou a ambos de mentirosos. Podia ter sido mais bem educado até porque estava a referir-se também a outra pessoa não presente e que portanto não se podia defender. Podia ter dito entre muitas outras maneiras, que constatou que a versão das assistentes sociais era completamente diferente ou oposta à que obteve pelo utente e acompanhante na abordagem de rua, e que sendo ele vereador faria mais sentido aceitar a versão dos factos escritos por estas assistentes da CMO. Parecia mais razoável e elegante esta afirmação.
3-Foi dito pelo vereador Carlos Martins que havia situações na casa comunitária que eram casos de polícia. Pois a CMO não pode aventar este tipo de insinuação. Ou são casos com a respectiva queixa policial, ou não a havendo não pode referir-se a eles, se não houve provas. É no mínimo jogo psicológico e sujo.
4- O vereador Carlos Martins disse que lhe tinha sido sugerida a colocação numa instituição que o utente recusou, ao que o Bruno respondeu que não queria ir para uma instituição que albergam transitoriamente pessoas com problemas que estas instituições ajudam a tratar e que em sua maioria são os toxicodependentes, pois ele não tem nenhum tratamento a receber e não é nenhum delinquente. E aqui interromperam as suas palavras, dizendo que já tinha tido a sua oportunidade de falar. Lembro também que em Olhão não há nenhuma instituição do género, e o Bruno já vive em Olhão há quase 4 anos e não quer perder os laços sociais e afectivos que com muita dificuldade conquistou para a manutenção da sua saúde psicológica já bastante danificada pela vida que teve e por estas novas situações que o estão a fazer passar com o despejo, pois está há anos a ser acompanhado por psiquiatras e toma medicação para tal.
5 - Tinham ido à sessão alguns moradores do prédio onde está instalada a residência comunitária, não só para serem testemunhas abonatórias da vivência e comportamento do Bruno num total de quase 3 anos a viver lá, mas também a confirmarem que constantemente e sempre que o Sr. Idalécio aparece na casa e quase sempre a altas horas da noite o prédio é incomodado com os comportamentos deste, gritos e palavrões, devido ao seu estado de bebedeira constante, para não falar na vária mistura de cheiros que ficam na entrada e sobem pelo prédio acima. Pois nenhuma foi ouvida, pois quando uma delas ia começar a falar foi imediatamente mandada calar dizendo o mesmo vereador que o assunto estava mais que falado. Ou seja não quiseram ouvir as testemunhas do prédio.
6 - A vereadora Gracinda Rendeiro também tomou a palavra a defender as assistentes sociais, estando presente a assistente Mara, dizendo que elas iam constantemente à casa dar apoio especialmente ao Sr. Idalécio, nada mais inverdadeiro, a não ser que se façam relatórios constantes sem aparecer lá ninguém, neste último ano as poucas vezes que lá foram são de longe totalmente insuficientes para as problemáticas que o Sr. Idalécio apresenta não só comportamental como de higine e saúde. O Bruno afirmou isto mesmo que não iam lá, e ele sabia o que dizia, pois habita aquela casa, ao contrário da vereadora que não habita, nem nunca lá foi. Esta afirmou que nunca lhe tinham chamado mentirosa e que estava deveras chocada com o facto. Pois quem mente aqui são os ditos relatórios e não os habitantes da casa como é de supor. (continua)

Anónimo disse...






(continuação)
7 - Ainda a vereadora Gracinda Rendeiro diz ao Bruno que ele deveria ir juntar-se à família (no Porto/Braga) para sacudir a água do capote ? Mas a vereadora por acaso sabe se o Bruno tem família ? E se por acaso a tiver as famílias não têm obrigação de albergar os familiares de maior idade. O Bruno não tem pai, nem mãe, ambos morreram, e tem uma meia irmã a viver na Suécia, e um irmão internado.
8 - Os vereadores Sebastião da CDU e Ivo do BE, apelaram à CMO para tentarem ajudar o Bruno dizendo este que na casa havia 3 problemas a serem resolvidos e não um só o Bruno, pois há o Utente Idalécio e a utente Filomena que também recebeu uma convocatória da CMO através da PSP com ordem de despejo, porém sem data anunciada para a saída da residência, já a do Bruno tem como data o dia 10 de Abril. Curioso como a CMO lá colocou uma mulher e que segundo a própria CMO não podia misturar homens com mulheres já em finais de 2012 e o Bruno em Fevereiro de 2013, e agora querem despejar primeiro o Bruno, quando deveriam tentar resolver a questão resolvendo a da primeira utente que chegou primeiro. É claro que se o fizessem automaticamente teriam um quarto vago para lá colocar o Bruno pois estão lá a viver 4 utentes e a casa tem só 3 quartos, um para a utente Filomena, outro para o utente Gregório e o outro para os dois utentes Idalécio e Bruno no mesmo quarto. Ao que parece há uma má vontade contra o Bruno e não o querem albergado. Será por ele não ser oriundo deste concelho ? Não será isto um caso de discriminação ?

SP disse...

Durante o séc. XX, em Itália, cada vez que as pessoas se deparavam com um corrupto, enviavam moedas para o chão, como acto reprovatório. Passando a ser um efeito cultural, os corruptos deixaram de aparecer tanto em público face ao vexame ao qual se encontravam sujeitos. Nenhum de nós tem poder para poder irradica-los. Podemos identificar e denunciar, mas mais uma vez não temos poder para tomar decisões. Comecem a mandar para o chão aquelas moedinhas de 1 cêntimo quando passarem por eles, ou quando estiverem numa esplanada ou num restaurante, e veremos o que poderá acontecer...

a.terra disse...

Ao comentador das 15:15
Chamo-me Antonio e não João, como pretende.
Em primeiro lugar, cada um tem as suas causas e ninguem pode ou deve obrigar os outros a aderir às suas causas. Se não está satisfeito com o que aqui se diz, tem um bom remedio, é não vir.
Para nós a causa maior está no bem estar economico e social da população, mas dá para perceber que as suas preocupações são outras.
Ao contrario do que diz, não é a caca que o Leal ou o Pina fazem que nos preocupa mas sim a merda que eles são. E merda são porque de facto poluiem tanto que até você está poluido.
Como sabe o problema dos esgotos e das ETAR já se arrasta há demasiado tempo, tempo perdido porque esses merdas nada fizeram. Se estivesse atento, saberia que em 2005 a Câmara Municipal criou a Agenda 21 Local, onde essa tematica foi o vector mais votado. Passaram-se 8 anos e a unica alteração que ocorreu foi a passagem da ETAR do dominio da Câmara para a Aguas do Algarve, para que a Cãmara pudesse lavar as mãos, como Pilatos.
Quanto à limpeza das praias devo dizer-lhe o seguinte: Cada um tem as suas causa; essa é sua, fique com ela. Mas não podia deixae de lhe dizer que mais importante do que limpar é não sujar e por isso uns anos antes do limpar Portugal, fui à Câmara de Tavira pedir uns suportes em ferro e sacos para recolha do lixo numa praia que pertencia àquele concelho. E limpei uma boa parte do lixo feito pelos outros, pena é que não tivessem dado continuidade. Depois do limpar portugal, a Câmara bem que podia ter arranjado uns contentores em pontos especificos para evitar que joguem o lixo em qualquer lado.
E porque é doutorado, licenciado e mais titulado que o Papa, julga que sabe tudo. Não precisa de puxar dos galões e tentar diminuir os outros. Foram os doutorados, licenciados na sua area que destruiram este País e não quem trabalha. Não há dinheiro porque gente da sua especialidade o gastaram mal gasto com a pessima gestão que fizeram dos dinheiros publicos como a Câmara de Olhão. Não fomos nós aqui no blog que endividámos a autarquia e as empresas municipais, mas sim o Leal e o Pina.
Passe bem

Anónimo disse...

"Pior que o barulho e a acção dos maus é o silêncio e a demissão dos bons" - não será demais repetir.
Será uma fatalidade "divina" a moeda
má expulsar a boa??Não,não é.
A mafia que se apoderou de Portugal tem de ter alguém que a enfrente e a desmascare com a coragem necessária e sacrifícios inerentes.
Até prova em contrário, o "Olhão Livre" tem criado condições para um campo de debate que mostre onde está a verdade: que assim continue.