domingo, 26 de junho de 2016

OLHÃO: OS CAGÕES!

Vaidoso, presunçoso, tem a sua forma no sentido pejorativo como cagão. e é isso mesmo que nós detectamos no nosso presidente António Pina e no seu vereador Eduardo Cruz, dois autênticos cagões, tal a sua postura.
Não se trata de pretender ofender, mas se lhe chamasse-mos de vaidosos ou presunçosos ririam, mas assim sentem ofendidos. Problema deles!
E porque razão os achamos uns cagões?
Pois bem na ultima assembleia municipal, ficámos a saber que o Eduardo cruz foi munido de uma escritura para validar a tese do preço dos apartamentos apontados nas avaliações do Loteamento do Porto de Recreio.
Depois de termos apresentado aqui um link para o BCP onde se podiam ver a que preço estavam a ser vendidos os apartamentos do Marina Village, desapareceu por obra e graça do divino, a página onde se podia confirmar o que dizíamos, pensando por isso, Eduardo e Pina, que ficaríamos desarmados, não tendo como provar, mas desenganem-se porque já temos um Print Screen com os mesmos elementos.
Sem querer dizer que tenha havido alguma manobra do tipo de trafico de influências, a verdade é que a página desapareceu, numa altura em que o Banco está mortinho para vender aqueles chaços. E mais, mesmo na pagina de onde retirámos o Print, consta pertencerem ao banco.
Eduardo Cruz esqueceu-se que, infelizmente, há muitas pessoas com a corda no pescoço e por isso vendem as suas casas ao preço da uva mijona e claro que nessas situações aparecem sempre os oportunistas, habituados a viver á custa do Povo ou de uma boa oportunidade de negócio e que aproveitam para comprar. Não sabemos se foi esse o caso do Eduardo, mas registamos.
Por outro lado o Pina acusa a família Terramoto de destruição do património municipal. Ora, quem detém o Poder sobre esse património, é o Pina e não os outros. É o Pina quem deixa degradar edifícios, daqui a pouco sem hipótese de recuperação, como a Vivenda Vitória ou do Matadouro Municipal. E é o Pina quem quer demolir parte do edificado da Rua das Ferrarias, na Zona Histórica, para construir no seu lugar uma torre com 21 metros.
Que é o Pina quem aliena o património do município, não há duvidas. Então porque culpar terceiros da sua veia destruidora?
Uns e outros, se sentem indignados, ofendidos na sua dignidade, porque alguém pode dizer aos filhos que sobre eles recaem indícios de corrupção ou dos crimes que lhe são conexos. Mas então, não vistam a pele de lobo se não querem passar por ele.
É que os indícios existem de tal forma que a apresentação da escritura não é mais do que uma forma de tentar provar que nós estamos errados. Mas o nosso Print mostra valores bem superiores aos apresentados.
Verificou-se haver uma redução do custo das infra-estruturas, cuja diferença aparece agora acrescida ao valor de venda doslotes, a indiciar que quem vai custear as infra-estruturas é a autarquia, ou seja os lotes vão ser vendidos bem abaixo do seu valor real.
Não vemos por isso razões para se sentirem ofendidos na sua dignidade, se a têm, a não por se tratar de dois cagões!

5 comentários:

Anónimo disse...

Penso que chegou o momento de avançarmos para as verdades:
Festival do Marisco de Olhão caiu e João Bonança teve a inteligencia de solicitar o
apoio de Associação de Produtores em Aquacultura do Algarve que disse sim com as con-
dições de promover os mariscos da Ria Formosa SEM LUCROS, mas que politicamente acabou
por benicicar (politicamente) foi Sua Excelencia o Leal que tinha que acabar com a
APAA e criar a Formosa pondo à frente o da Paz, mas não o que estava em Lisboa com a
grande influencia no IFADAP, mas colocou outro da Paz, boa pessoa, com pouco desenvol-
vimente intelectual mas que cumpriria tudo o que o Leal ordenasse. UMA DAS DECISÕES
POLITICAS QUE TEM DESTRUIDO A RIA FORMOSA. O Culpado não é só o PS mas tambem PSD e
outros partidos membros do gabinete de projetos para a Ria Formosa. Volto a dizer se
não aparecer morto brevemente conhecerão o resto.

Anónimo disse...

Festival do Marisco de Faro.
Quando apareceu a legislação sobre a interdição de captura de bivalves devido ao
excesso de coliformes fecais o PSD atraves do IPIMAR fez a interdição de capturas na
Ria Formosa. A paragem ia colocar os milhares de trabalhadores no desemprego e sem
qualquer subsidio.As Camaras de Faro e Olhão eram os alvos mas não perceberam. A APAA
convovou a maior manifestação nacional das pescas para Faro. No dia seguinte já não
havia interdição.Depois apareceu as Festas do Marisco em Faro, inicialmente feito por
a APAA. quatro anos, mas a ideia pertence a MANUEL LUIZ, jornalista que falou com o presidente da Camara e o presidente solicitou a APPA formar um festival. A APPA dis-
se
que sim desde que houvesse uma diferença de 15 dias do Festival do Marisco de Olhão
e que o objectivo fosse a promoção da Ria Formosa e dos seus mariscos sem qualquer tipo de lucros.Mais tarde sem o conhecimento do Dr. Botelheiro o seu secretário disse ao membro responsavel pelo festival que a APPA não faria o festival porque os
membros da direcção da APPA não queria continuar. Reunida a direcção da APPA. nenhum
diretor esteve em tal mentirosda reuni-ao na Camara Municipal de Faro.Como a verdade
e filha do tempo, acabamos por saber que o Partido Socialista de Faro decidiu entre-
gar tal evento à Formosa cujo presidente era o homem forte nas Pescas e Aquicultura
em Faro, embora não percebesse absolutamente nada do assuto. Amanha há mais de por
acaso eu não aparecer morto.Uma policia normal em qualquer pais normal já tinha per.
cebido esta ultima frase.

Anónimo disse...

tu péta cagão moda antiga de olhão.... será que esqueceste-te do passado,olha que muitos não se esqueceram inclusive os familiares do velho e saudoso calquinhas
olha fáz mas é café e deta-te.

Marcio Carrilho disse...

Votem no Pina para o Ano. E depois não se queixem. Já agora ouvi dizer que tentar dificultar a vinda da Conforama para Olhão. Esta empresa vem gerar postos de trabalho na cidade. Mas que pensam estes oligarcas retardados? Acham que está bem o mercado de trabalho em Olhão? Para onde vão os milhões do IMI que Olhão recebe?

Anónimo disse...

O anonimo de 26 de junho de 2016 as 21.02 certamente teve um lapso e devia dizer
VIVMAR em vez de Formosa porque à Formosa não nos foi entregue o festival do marisco
de Faro.