segunda-feira, 16 de março de 2015

RIA FORMOSA: PSD EM CAMPANHA ELEITORALISTA DEMAGOGICA!

O núcleo da Culatra, foi ontem visitado por uma comitiva do PSD de Faro, encabeçada por Cristóvão Norte, deputado no grande circo português em que transformaram a Assembleia da Republica.
O agora deputado nacional era, à data da aprovação do Polis, deputado municipal. Nessa altura defendia que o POOC não tinha de cientifico e muito de politico. Hoje, qual camaleão, dá o dito por não dito, fazendo a defesa das demolições, por mais subtil que seja o discurso.
O deputado da laranja azeda, foi explicar a sua versão da proposta de revisão do estatuto jurídico da Culatra em sede de revisão do POOC, que neste momento é do Espaço a Reestruturar.
Sabendo como são os directórios politico-mafiosos e o peso das hierarquias, Cristóvão Norte está a mentir ou a dar razão ao ministro verde, um tal de Moreira da Silva. É que aquando das demolições no Ramalhete. o ministro afirmou que as demolições eram para continuar não se ficando por esta primeira leva. Sendo certo que o ministro terá mais peso que o deputado, a recomendação deste ultimo é para aplicar o artigo cesto (dos papeis), ou para efectivamente alterar o estatuto, passando de espaço a reestruturar para Espaço a Renaturalizar (demolir).
O deputado já mostrou as suas qualidade na arte da manipulação, ao referir-se aos esgotos directos de Olhão esquecendo os de Faro, onde era chefe de gabinete do presidente antes de ir para o circo. Mais, ensaiou um manobra dizendo ao jornalista de que se fez acompanhar que já estava para publicação o despacho sobre as novas áreas de produção dos bivalves, o que era falso.
Aldrabão sou eu e não minto tanto!
Aqui fica a foto de um dos muitos esgotos  tóxicos directos para a Ria Formosa em Faro que vai mudando de cor, conforme a qualidade do veneno,conforme se pode ver nas fotos, denunciadas no Olhão Livre:


 
Mas se atentarmos na sequência de acções do deputado, é perceptível que o deputado anda demasiado nervoso porque o seu lugar no grande circo pode estar em risco. Também sabemos como são elaboradas as listas para o acto eleitoral que se aproxima em que o cabeça de serie é uma figura de topo nacional, porque nestas coisas há que assegurar o tacho dos maiorais do partido; o segundo lugar será para a distrital e aí temos o Luís Gomes que está a contas com a limitação de mandatos e tem experiência como deputado; em terceiro estará ainda por definir por não se saber se concorrem sozinhos ou coligados, o que daria o terceiro lugar ao parceiro de coligação.
Sendo previsível a derrota nas eleições e a perca de um ou dois deputados, Cristóvão Norte arrisca-se a ficar de fora dos lugares elegíveis, advindo daí a necessidade de apresentar serviço e prometer o céu e a terra mas roubando o mar ao Povo da Ria Formosa.
Isto é fruto da desonestidade politica instalada no País, com os actores a não assumirem as promessas como um contrato eleitoral que em caso de incumprimento perderiam o mandato. Um politico serio ou não prometia o que não pode cumprir ou, a ter espinha dorsal, renunciaria ao cargo.
Mostra a actuação destes mentirosos que as direcções partidárias não ouvem as bases e muito menos a massa critica. Que interessa ao deputado do Minho o que se passa no ordenamento algarvio? Nada!
A atitude correcta dos partidos, ao querer tomar uma decisão local ou regional, era primeiro ouvir quem está no terreno acerca da aplicação das politicas do partido ao caso em concreto e só depois tomar uma decisão.
A postura de PSD nesta matéria é igual à do PS que só assim conseguiu fazer aprovar planos de ordenamento contrários aos interesses das populações.
Por tudo isso, o Povo da área da Ria Formosa deve mandar, nas próximas eleições, às urtigas estes bandos politico-mafiosos que têm conduzido o Povo à fome e miséria.
REVOLTEM-SE, PORRA!

8 comentários:

Anónimo disse...

Nas próximas eleições é votarmos, mas noutros partidos. Votamos em pessoas. Não votarmos, nem em partidos, nem em cores.
Votarmos em massa em gente como a gente, que tem a noção da nossa realidade. Das necessidades locais, regionais, do povo.
O que querem é destruir, reprimir e meter medo às pessoas. Força.

Anónimo disse...

Não se deixem enganar. Esses artistas são simplesmente políticos aldrabões da pior espécie. Na próxima vez que apareçam na ilha com palavrinhas mansas, voltem as costas a esses gajos, desprezo total.Não merecem o nosso respeito. Vamos destruir esta máfia nas urnas. Rua com eles todos, mas com todos os partidos que nada fazem por nós. Como disse o amigo das 12:23, eles querem é DESTRUIR, REPRIMIR E METER MEDO ÀS PESSOAS, não olhando a meios. O voto é a arma do povo. Força, vamos lutar até ao fim. LUTEM!!!!!!!!

nuno moreira disse...

O PSD esteve esclarecendo e ouvindo os problemas do nucleo.Talvez fosse bom que este blogue nao tente revoltar núcleos contra núcleos

a.terra disse...

Olhe Nuno Moreira você não presta para nada. Não passa de um escroque. Se alguem pretende dividir,são os da sua laia. O PSD não pode esclarecer nada, apenas tentar enganar as pessoas. Propor uma alteração do estatuto juridico em sede do POOC é mais uma tentativa de engarnar as pessoas pela simples razão de que criaria uma zona apelidada de legal mas as construções continuariam ilegais. Se têm assim tanta vontade de resolver o problema da Culatra, porque não emitem um tiulo de utilização? Vá morrer longe para não cheirar mal!

Nuno Moreira disse...

Você não passa de um energúmeno ao serviço de interesses escuros que a coberto de uma linguagem pseudo jurídica só levanta confusão dividindo e enfraquecendo os ilhéus na sua luta pelo reconhecimento dos seus direitos.

Anónimo disse...

Estou admirado por o Salapica á dias não vir escrever aqui para o blog umas facadinhas ao colega mariscador da of shore o Pina.
Mais um subsídio que foi despachado?

Anónimo disse...

Temos visto quem defende e aplica sem margem para dúvida os interesses escuros, ó Nuno Moreira.
O facínora tem nome Terramoto? Ai sim?

a.terra disse...

Nuno Moreira seu f.d.p :
Onde é que você tem andado todos estes anos que nunca se pronunciou sobre os problemas da Ria? Se alguem tem interesses escuros nesta materia é você; eu não tenho casas, barcos ou qualquer especie de concessão. Talvez você não possa dizer o mesmo.
Mas posso dizer-lhe que tenho interesses difusos se é que sabe o que isso é.
A seguir à criação da Polis não foi você quem moveu a acção contra a Polis pela falta da Avaliação Ambiental Estrategica, junto do Tribunal Administrativo e da Comissão Europeia. Com isso ganhámos dois anos, o tempo para a aprovarem.
Tal como não foi você quem, em 2010, promoveu uma petição para a suspensão do POOC, do POPNRF e da Polis.
Tambem não foi você quem, em 2011 promoveu a petição Salvem a Ria Formosa.
Não foi você quem deu a cara no combate à poluição da Ria.
São anos de luta contra o bando de criminosos a quue você peertence, seu f.d.p.
Ao contrario do que você diz, quem desune é você e a quadrilha a que pertence. Para mim não casas de 1ª ou 2ª habitação, nem zonas legais ou ilegais e muito menos defendo a desigualdade no tratamento das pessoas perante a lei; é voc~e a sua quadrilha.
São mais os predios ilegais em Dominio Publico Maritimo do que as casas que querem demolir, seu f.d.p
E por aqui me fico mas não deixo de enviar-lhe um recado: você tem um blogue e nele discorrer à vontade e dizer as asneiras que entender, Aqui não, porque f.d.p. não são bem recebidos.
Passe bem